01 julho 2012

Respeito é bom e todo mundo gosta.

Nihao pessoas! Antes de mais nada, esse não seria o meu próximo post. Tinha outras coisas para falar, mas não tive tempo para escrever. Então resolvi compartilhar com todos os leitores do meu blog uma nota que postei no meu Facebook. Quem quiser ver a nota original, pode ir aqui (até porque irei fazer uns complementos aqui no blog). Agora vamos a postagem.

Quando criança me ensinaram a respeitar o próximo. Independendo se o indivíduo era "igual" ou "diferente" de mim. Me ensinaram a ter respeito pela crença alheia, por mais que eu não acreditasse nela, a não caçoar de tal pessoa devido a sua deficiência física, ou pela sua aparência em geral, a respeitar os homossexuais (mesmo eu na época nem sabendo o que era isso), ou seja, as pessoas. Esse foi um dos vários ensinamentos que guardei e tento sempre vivenciá-lo, por mais difícil que possa ser.

Tanto que se olharem na minha lista de amigos aqui no face vocês irão encontrar de tudo um pouco, praticamente. Conservadores, libertários, religiosos (desde os fervorosos até os mais "calminhos", sejam cristãos católicos, cristãos protestantes, umbandistas, wiccanos...), agnósticos, ateus, comunistas, capitalistas, bissexuais, homossexuais, gordos, magros, nerds, etc. Por mais que eu não possa concordar com alguma ideia deles, estilo de vida ou o que for, não irei transformá-los em motivo de riso. Até porque, não gostaria que fizessem o mesmo comigo. Mas infelizmente, nem todos pensam assim.

Um dia desses me mostraram essa seguinte imagem que faz parte da página da ATEA (e que já foi retirada, mas a ATEA vergonhosamente postou de novo).

escandalo

A ATEA, para quem não conhece é a associação de ateus e agnósticos, que a priori, lutaria contra o fim do preconceito quanto a ateus e agnósticos. Mas olhem bem para a imagem. Faço a pergunta: É certo tentar acabar com o preconceito sendo preconceituoso?

Vamos analisar bem a imgem. Estão associando Jesus com o nazismo. Não irei entrar no mérito se Hitler era ou deixava de ser um cristão (ao menos nominal, porque na atitude não era), ou se tal organização cristã apoiou o nazismo. O fato é que quem conhece um pouquinho sobre ensinamentos do cristianismo e um pouquinho de nazismo irá perceber que ambos são antagônicos. Os dois maiores ensinamentos de Jesus foi amar o Pai acima de todas as outras coisas e amar o próximo como a ti mesmo. Então, meu pequeno gafanhoto, é prova de amor ao próximo você exterminar 6 milhões de pessoas (dentre eles judeus, Testemunhas de Jeová, comunistas, ciganos, gays, deficientes físicos, negros, ou qualquer pessoa que fosse contra o regime, independendo de "raça" ou crença)? Entendo que na história cristã há momentos, digamos negros, onde humanos erram e cometem coisas horríveis em nome de Deus. Mas tais coisas vão de contra aos ensinamentos de Jesus.

Agora outra coisa a se analisar, a frase. Totalmente fora de seu contexto. Essa frase é de um personagem da parábola que Jesus conta em Lucas 19. Aqui está o link para ler a parábola completa:

http://www.bibliaonline.com.br/acf/lc/19

É tão legal quando alguém de "muita boa fé" distorce as coisas... Como se já não nos bastasse alguns "pastores" fazerem isso.

Agora pergunto: O que querem com isso? Respeito? Cometendo o que pode ser considerado Ultraje a Culto, artigo 208 do código penal? É assim que vocês querem acabar com o preconceito? Cometendo o mesmo erro imbecil daquele pastor que chutou a imagem de Nossa Senhora Aparecida (e que piorou ainda mais a imagem dos evangélicos na época)? Cometendo o mesmo erro daqueles que são preconceituosos convosco?

Querem acabar com o preconceito? Então em vez de postar imagens e frases que mostram intolerância a quem possui alguma crença (como essa que diz claramente que cristãos são imbecis sem cérebro), porque não fazem um trabalho de caridade e expõe na mídia, por exemplo? Ver uma organização de ateus se mobilizando para fazer doação de roupas para um orfanato melhorar bem mais a imagem do que postando fotos de Jesus nazista ou chamando quem acredita em Deus (ou deuses) de malucos com problemas mentais. Esse tipo de atitude piora ainda mais a imagem dos ateus (e eu tenho amigos e colegas ateus que já reclamaram disso).

Sinceramente, eu não me importo de postarem "pensamentos ateístas" no Facebook. Assim como não me importo com pensamentos espíritas, umbandistas, wiccanos... Cada um posta o que quiser. E eu posso até concordar. Não sou espírita, mas gosto de alguns pensamentos de Chico Xavier. Não sou budista, mas uma frase de Buda está entre minhas citações favoritas. Não sou ateia, mas tenho apreciado o trabalho de Carl Sagan no ramo da astronomia. Não sou cristã católica, mas concordo com muita coisa dita por Santo Agostinho. E quanto a piadas, desde que não sejam agressivas, no problem. Já ri de piadas ditas cristãs, de piadas ditas ateias, de piadas de otakus e de tantas outras, inclusive de humor negro. Inclusive, no momento que estava escrevendo isso, acabei de ver uma imagem que fazia piada com os esteriótipos de vários grupos (veganos, agnósticos, cristãos)... E eu ri. xD Mas é só ter um pouquinho de bom senso. Eu por exemplo não posto algumas piadas que conheço para evitar mal-entendidos.

Por fim,  tenham um pouco de respeito pelo próximo. Senão, como querem exigir respeito? =/

Obs: Agradeço ao Juninho por ter lido e dado a sua opinião antes de eu postar esta nota. ^^ E eu não sou contra a proposta da ATEA. Mas sou contra a alguns métodos que alguns usuários de lá utilizam para acabar com o preconceito contra ateus.

Obs 2: Antes que apareça algum neo-ateu maluco aqui aconselho a ler esses artigos escritos por um ateu criticando algumas imagens postadas pela ATEA.

3 comentários:

SEIMO_GODIOS disse...

Concordo com o que você disse, mas isso só prova que o fim do mundo está próximo. Isso é inevitável. Eles querem é arrumar um jeito de mostrar que os Cristãos é um povo que está sendo enganado, na verdade, eles que estão enganados. Você não vê cristãos postando piadas de ateus, nem os ofendendo e isso os incomodam. Eles se perguntam: Como podem existir um povo tão correto, com tantos ataques que fizemos e eles continuam firme e forte no que acredita?

SEIMO_GODIOS disse...

E digo mais, cada vez mais o numero de Evangélicos aumentam no país. Eles se incomodam com tudo que fizemos, com o dízimo que entregamos ao Senhor, se não reclamos de entregar o dízimo, porque eles tem que dizer que o pastor é ladrão? A verdade é essa, cada vez mais vamos ser perseguidos, e cada vez mais o povo do senhor se estenderá pela face da Terra.

Juninho! disse...

Na verdade, não há piadas mas há perseguição contra ateus sim, eu mesmo como ateu, fui reprimido por meu próprio pai que demorou meses pra entender que isso é uma postura e que não muda ninguém e nada. Uma postura é só uma postura, caráter não vem disso, e muitos religiosos associam caráter com coisas concebidas por jesus e deus, etc...

E isso é um erro, por que na própria bíblia ensina exatamente o oposto, o número de evangélicos e ateus crescer ou diminuir não muda em nada.

É tudo uma questão de como você se porta e de como você aceita as outras pessoas por pensar igual ou diferente.

E não nos incomodamos por que dizem isso ou aquilo, porém tem muitas coisas que de fato não concordamos e nem por isso criticamos de forma destrutiva, apesar de que existe uma meia dúzia de idiota o bastante pra fazer isso.

Assim como associam-nos a pessoas de má índole, pessoas ruins, e até mesmo de desumanos e crueis. Não é assim que a banda toca.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários