30 agosto 2017

30 anos de Street Fighter - Um post sentimental

Hoje, dia 30 de agosto, Street Fighter comemora o seu trigésimo aniversário.


Eu adoraria ter feito o que planejada para comemorar essa data. Mas para não passar e branco, então, ao menos vai um pouco da minha história com o jogo.



Eu comecei a jogar Street Fighter no bar que a minha mãe tem, quando criança. Eu já tinha contato com jogos de videogame, graças ao meu primo, mas ali foi a primeira vez, que eu me lembre, que vi um jogo de luta. Mas assumo, aprendi a jogar primeiro, Mortal Kombat! xD Era o horrível do horrível em Street Fighter, enquanto que em MK eu ia bem. 

Nessa época, depois de fazer as minhas tarefas, saía com o meus colegas (com a permissão de mamãe) para ir jogar. E foi assim que me apaixonei por jogos de luta em geral. Mas Street Fighter teve um apelo maior em meu coração, tanto que me lembro (e ainda sobrou uns) de desenhos, bem infantis que eu fazia dos meus dois personagens favoritos, Chun-Li e Ryu (sim, meu amor por ele é de longa data), assim como da Cammy. 


Com o passar do tempo, procurava acompanhar tudo que saía do jogo e adquiria produtos e tentava me informar mais, desde sobre a história oficial, e outras (como doujins).

No que se refere a desenhos, Bengus, Akiman e outros artistas que trabalharam em SF, possuem bastante influência no meu traço. Aliás, se aprendi a desenhar caras mais "parrudos" foram graças a eles. 


E meu Ryu/Evil tem cara de SF Zero por conta disso! :v 
Eu ainda mantenho amizades da época do fliper e com a internet, conheci pessoas (como o Arildo "Mestre Ryu", Deco, e mais um monte que citei no post de aniversário do blog) que tinham esse gosto, por Street Fighter e outros jogos, em comum. Aliás, posso estar sendo ousada, mas se hoje eu estou casada, foi justamente por conta de eu gostar de Street Fighter (mesmo o maridão, "VH", preferindo KOF). Sim jogos de luta unindo corações, hauhauhauahuahau!!!

E com direito a roupinha de Ryu e poster do filme do Van Damme!!
Foi Street Fighter que me manteve escrevendo esse blog até hoje, foi com Street Fighter que aprendi muita coisa e conheci muita coisa. Sim, esse post tá piegas, pois está sendo um relato meloso de uma fã que fez até a festa do filho de SF! xD

Se eu escrevi tantos artigos, seja aqui ou no Fighters (que está sendo reformulado), se eu pesquiso tanta coisa, se tem dias que encho o saco do Luiz Fernando quanto a coisas referentes do material original em japonês, é justamente por gostar tanto desse jogo e querer dividir esse conhecimento com vocês.

E eu espero, que, por mais problemas que tenha, Street Fighter ainda dure muito, que venham outros aniversários e que conquiste novos jogadores e traga novidades, apesar do choro de alguns da fanbase mais tradicionais.

Então, deixando o sentimentalismo pra lá, aqui fica a minha homenagem ao meu jogo favorito! =) Um desenho, fazendo referência a um artwork clássico do Bengus, de Menat com o quepe de Ed (meu queridinho lindo e gostoso abaixo do Ryu):


E não deixem de conferir este post especial que meu amigo Roger fez no Streetfighter.com.br, Vocês irão gostar!!! See ya!!!!!

13 agosto 2017

Os papais de Street Fighter!!!

Nihao!!! Como vai meu povo? Devido a novas informações esse artigo foi atualizado! =)

A princípio, ele foi escrito um pouco depois de ter ficado internada no hospital da USP, após uma cirurgia.

Hoje é dia dos pais, então, que tal falarmos um pouco sobre os pais da serie SF? Explicando que aqui não terá apenas pais "biológicos" e sim qualquer personagem que se encaixe na definição de pai. Agradeço ao leitor Douglas Moraes que tinha percebido que eu esqueci de colocar o Dhalsim na correria, na primeira versão do artigo.

Então, conheça agora, os papais da série!!! =)

Guile


Logo de cara ficamos sabendo que Guile é pai de uma linda menina chamada Christina (conhecida anteriormente nos EUA também pelo nome de Amy), em seu final icônico de SF II. E pelo que diz as imagens que se tem dele com sua família, é um pai amoroso e dedicado, apesar de seu dever para com seu país.

Ken


Todos sabem que Ken casou com Eliza, e em SF III conhecemos Mel, o fruto deste relacionamento (em SF IV ficamos sabendo da gravidez de Eliza). Mel é um menino bem ativo que parece querer seguir os passos do paizão e ser um ótimo lutador!!! xD

Dorai, o pai de Chun-Li 


Depois de muito tempo, a Capcom oficializou o nome Dorai, que apareceu em SF II V.

Dorai foi praticamente um "pai solteiro". Sua esposa morreu quando Chun-Li era bem pequena e ele teve que criar a menina sozinho. Ele foi a única família que Chun-Li conheceu (apesar que em um dos CDs Drama da série, mostre um rapaz que é dito ser um tio) e por tanto carinho que ela demonstra por ele, deve ter sido um ótimo pai.

Em SF II V, ele não morre, apesar da tentativa de assassinato por parte de Cammy, a mando da Shadaloo. Dorai também aparece rapidamente numa cena em SF II - The Animated Movie, a de sua morte. Nos quadrinhos da Udon, ele desaparece e fica subentendido que ele sofreu uma lavagem cerebral e se transformou em Q. Em SF - The Movie, ele é citado rapidamente na conversa que Chun-Li e Vega/Bison tem (onde ocorre o famoso meme da Terça-feira). No cartoon de SF, ele é morto pelas mãos do próprio Vega/Bison, na frente de Chun-Li. E no filme da "Chun-Lana", ele é dado como desaparecido, sendo morto anos mais tarde.

Mais informações sobre Dorai, vocês podem acessar a ficha dele no CFN Portal.

Gouken 


Gouken é o mestre de Ryu e Ken e pai adotivo de Ryu. Ele criou Ryu desde pequeno, dando amor e ensinando o caminho das artes marciais para o menino. A série Assassin's Fist, mostra lindamente a relação entre eles, e também de como Gouken meio que se tornou uma figura paterna para o jovem Ken.

No passado, Gouken tinha uma filha de sangue, mas que foi esquecida pela Capcom com o passar dos anos e o aperfeiçoamento do plot.

Dhalsim


Dhalsim é outro pai de família presente no jogo!!!^^ Pelo que sabemos de sua personalidade, um lutador de coração bondoso e sábio, e pelo fato de seu filho Datta o adorar, está na cara que ele é um ótimo pai!!!^^

Sr. Masters 


O pai de Ken que o deixou no dojo do seu grande amigo Gouken, para que o menino não fosse um pirralho, mimado, sanguessuga de dinheiro e aprendesse sobre disciplina.

Na série Assassin's Fist, o Sr. Masters, deixa Ken aos cuidados de Gouken, para que o jovem aprenda a canalizar a sua raiva e frustração, fazendo com que não possa causar problemas ao seu pai e aos negócios da família. Isso, a princípio, deixa Ken revoltado, pois ele tinha acabado de perder a mãe. Anos mais tarde, Ken compreende a difícil decisão que seu pai tomou e faz as pazes com ele.

Gou Hibiki 


O pai de Dan, que cegou Sagat e pagou com a própria vida. No jogo Pocket Fighter, Gou aparece usando uma máscara tengu, em dois "especiais" (sim vou usar esse termo, até porque em cada jogo eles mudam ¬¬) de Dan.

Nos quadrinhos da Udon, as circunstâncias de sua morte deve-se ao fato de tentar salvar o seu dojo, pois a Shadaloo, que controlava a área onde ele ficava, exigia que Gou pagasse 10.000 dólares de Hong Kong.

Mais informações sobre Gou, vocês podem conferir no CFN Portal

Hakan 


Todos conhecem o controverso (para os fãs) lutador turco e já devem ter notado umas garotinhas que ficam junto dele. Pois bem, essas menininhas são as suas filhas, ao todo SETE (da mais velha para a mais nova: Abla, Susam, Hurması, Tereyağı, Kanola, Zeytin e Ayçiçeği)!!! E ele é um pai coruja, ou usando as palavras de Guile, um homem de família! E uma família BEM grande.

Tom (amigo de Alex)


Tom é um grande amigo de Alex e tem uma linda filha, chamada Patricia. Pelo que o jogo mostra, um bom pai (e clone de Jean Reno nas horas vagas), já que o storyline não se aprofunda nesta questão.

Mais informações sobre Tom, no CFN Portal.

O Pai de Elena 


Elena tem um bom relacionamento com sua família, então provavelmente, seu pai é um cara legal!

Vega/M. Bison


Ok, muitos devem ter ficado surpresos com a inclusão dele nessa lista. Até porque, depois de tantos exemplos bons de pais, temos um megalomaníaco, sanguinário, que comanda uma organização criminosa que abusa de menininhas. Bem, pode-se considerar Bison como o pai de Cammy e Decapre, essa última, seguindo a linha da Udon, já que no game, apesar de óbvia a semelhança entre as duas, ainda deixa algumas questões nebulosas, já que ambas possui seu material genético. Não que isso tenha garantido uma vida mais fácil para as garotas, pelo contrário Decapre foi descartada, pois deu errado (lembrando, de novo, seguindo a linha da Udon), assim como Cammy, quando Bison encontrou Ryu (o corpo perfeito).

Além disso, temos Abel, que é um dos clones genéticos criados a partir do DNA de Vega/Bison para o corpo perfeito e Ed, o jovem garoto que Bison/Balrog resgatou da base da S.I.N, que sofreu experiências genéticas, tendo agora o DNA do supremo comandante da Shadaloo e sendo outro corpo extra do mesmo.

Vega/Bison é a metáfora perfeita para aqueles que são pais apenas no papel e no DNA, que não dão a mínima para seus pimpolhos. É a antítese de todos os pais citados até o momento no artigo.

Porém, em algumas mídias, vemos um lado de Vega/Bison que não existe nos games. Em Legend of Chun-Li, nos é apresentado Rose, sua filha (no filme fica claro que misturaram as histórias de Rose e Cammy) e que também é a parte boa de sua alma. É a única criatura do mundo que ele nutre algum amor, sendo capaz de tudo para protegê-la. E em alguns manhuas de SF, Vega/Bison é apresentado como sendo padrasto ou pai de Chun-Li, e assim como ocorre no filme da "Chun-Lana", se preocupando com a sua enteada/filha.

Gen 


Aposto que vocês também ficaram com um WTF na cabeça. A inclusão de Gen nessa lista, deve-se a dois fatores.

O primeiro é que Gen, em honra ao pai de Chun-Li (seu grande amigo), protege e cuida da chinesa "nas sombras" (mesmo que ela não goste), chegando a arriscar a própria vida para salvá-la. Gen seria aquele pai que está brigado com o filho, e sem o filho notar, continua o ajudando e o protegendo.

O segundo fator para a inclusão dele é que no manhua de SF II, Gen é o pai de Chun-Li e Blanka (não que ele fosse presente e menos ainda exemplo de pai). Ok, podem ir cortar seus pulsos agora.

M. Bison/Balrog


Sim, quem diria que aquele lutador que só pensa em dinheiro, mulheres e vitórias, seria (de maneira torta) um bom pai. E de uma cria do Vega/Bison!

M. Bison/Balrog conheceu Ed no que tinha sobrado da base da S.I.N., e a princípio, seu interesse no menino foi pelo fato de Ed ser um dos corpos de Vega/Bison e conseguir controlar o Psycho Power em pequenas quantidades.

Em SF V, vimos que os dois se tornaram inseparáveis e Bison/Balrog, se tornou tutor (e figura paterna) de Ed, no caminho do crime, assim como seu amigo.

Mesmo que a princípio Bison/Balrog tenha tido algum interesse escuso por Ed, ele se afeiçoou ao garoto. Inclusive, no modo história de Ed, fica claro que o boxeador era a família de Ed. E quando ele foi embora, Bison/Balrog fica em prantos (destaco aqui a dublagem americana, que deixou isso bem evidente).


Menções Honrosas 

Como eles não fazem parte da série principal (SF), ficaram por aqui! ^^

Mike Haggar


Um bando de malfeitores sequestrou e humilhou sua filha!!! O que fazer? Sair espancando todos os delinquentes da cidade e jogar do prédio um cadeirante que era o chefe do crime, para salvá-la!!! Haggar personifica bem aquela frase, toda donzela tem um pai que é um fera!!!

Mais detalhes sobre Haggar, podem ver a ficha dele no CFN Portal.

Sr. Genryusai


Ele é o pai de Rena (que era, em Final Fight, noiva de Guy) e Maki. Aparentemente um bom pai, pois há poucas informações sobre ele, a não ser que ele era, no princípio, o mestre de Guy (coisa que foi mudada posteriormente).


Menção Troll 

WTF, boatos e trollagem até dizer chega!!! xD

Charlie Nash


Rola um boato de que ele poderia ser o pai de Lauren, filha de C. Viper. Mas são só boatos, nada que se deva levar a sério.

Gouki/Akuma 


Em algumas mídias fica subentendido que ele poderia ser o pai biológico de Ryu. Só que em nenhum momento nos jogos, tal coisa é mencionada ou cogitada.

A "relação familiar" mais próxima que Gouki/Akuma poderia ter com Ryu é ser seu tio, visto que o lutador é filho adotivo de Gouken.

Ryu


O QUE RYU ESTA FAZENDO NESTA LISTA, SUA DOIDA??? Bem, no manhua de SF EX, Vulcano Rosso (que é um tipo de entidade) se apossa do útero de Chun-Li (que estava casada com Ryu), faz uma gravidez relâmpago nela (sério, coisa de minutos a barriga dela está gigante) e nasce.

Mesmo não sendo filho de Ryu, o japonês a principio o trata como sendo (mesmo Vulcano discordando). Cortesia dos nossos amados roteiristas trolls chineses!!!! xD


Espero que tenham curtido o artigo. Desejo a todos um Feliz Dia dos Pais (incluindo o meu maridão e meu pai, que está nos braços de Deus)! See ya!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários