15 março 2018

O mangá de Street Fighter II Animated Movie


Nihao pessoal, como vocês estão? =) Hoje irei trazer algo que algumas pessoas nem devem ter conhecimento de sua existência: o mangá de Street Fighter II Movie!!

Antes de ir direto ao ponto, quero agradecer ao leitor "Tropical Panda" que conseguiu os scans do mangá (e você pode, antes de ler esse artigo, clicando aqui) e me mandou, sugerindo um artigo! =D Então, vamos ao que interessa agora.

Capa da edição japonesa
Lá pela década de 1990, a Viz Media (empresa fundada em 1986) nos EUA publicou várias séries famosas de mangá, incluindo alguns baseados em games, como o Cammy Gaiden (que foi republicado pela UDON) e a adaptação do longa metragem de SF!


Claro que, nessa época, diferente do que ocorre atualmente (onde procuram deixar a leitura no estilo oriental), o mangá, ao ser publicado foi "adaptado" a leitura ocidental (ou seja, ele foi espelhado) e lançado em formato americano, sendo dividido em 6 edições.

Vega/Bison e seu sorriso colgate!
A história e os desenhos ficaram por conta de Takayuki Sakai, que no traço, soube fazer algo bacana, em dados momentos chegando a ser bem fiel ao estilo do Shuko Murase. Quanto ao roteiro, mesmo sendo uma adaptação da história do longa de animação, sofreu algumas mudanças bem drásticas. Sim, É AGORA QUE COMEÇA OS SPOILERS! =D


A primeira diferença gritante, é logo no começo, onde Ken aparece em seu carro decidindo como irá pedir Eliza em casamento, sendo logo após capturado. Mas diferente do que ocorre no anime, são OS QUATRO REIS da Shadaloo que aparecem para Ken. O Ponto em comum é a luta entre o loiro e Vega/Bison.


Quem encontra Ryu e o alerta sobre Vega/Bison é Chun-Li e, essa ajuda dela no começo, faz bastante diferença na luta contra Ken no final. E terminamos descobrindo que, além de Cammy e, posteriormente Ken, Guile chegou a ser capturado e usado pela Shadaloo.

Achou que eu iria mostrar a cena né, safadinho! ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Para os tarados de plantão, nesse mangá há a cena de banho de Chun-Li, mas, eu não sei dizer se sofreu cortes, já que infelizmente, não encontrei nenhum scan da edição japonesa para fazer comparações. Infelizmente, era  comum alguns mangás, ao serem publicados sofrerem cortes ou outras "adaptações" nas terras do Tio Sam.


O que posso dizer é que teve algumas coisas omitidas, como a imagem que vocês estão vendo acima.


E falando em adaptação, a versão da Viz comete um GRAVE erro em dado momento, ao chamar o Tastsumaki Senpuu Kyaku de... SHORYUKEN??? O.o


Outros personagens aparecem rapidamente no mangá, como Blanka e Zangief. Mas o grande destaque fica para a batalha entre Ryu, Ken e Vega/Bison.


Como disse anteriormente, graças a ajuda de Chun-Li, Ryu, comparado com a sua atuação no longa, fica mais ativo na luta, enquanto tenta trazer Ken de volta a si. E quanto a luta dos dois contra Vega/Bison, o final dela é "bem forte" e "chocante", se equipararmos ao que foi visto no anime (ficou curioso? LEIA O MANGÁ). Ah, e os jogadores de SF Zero 3, vão notar algo de familiar ali (mesmo o jogo tendo saído depois do mangá).


Para quem se interessar em adquirir o mangá, tanto a versão americana quanto a japonesa, ainda é possível de se encontra a venda na internet. E, para a nossa tristeza (ou não), até o momento, a UDON não demonstrou nenhum tipo de interesse em republicar esse mangá, diferente do que ocorreu com o Street Fighter II do Kanzaki. Mas, quem sabe um dia, né?

Espero que tenham curtido e irei ficando por aqui. See ya!!! =)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários