15 março 2011

Ajuda ao Japão e puxões de orelhas

anime1kfs Interrompemos a programação desse blog para um serviço humanitário. Assim como houve com a tragédia no RJ, deixo aqui formas para quem quiser/puder ajudar o povo japonês nesse momento. Associações japonesas do Bairro da Liberdade estão arrecadando dinheiro para ajudar as vítimas do terremoto e do tsunami. Abaixo as respectivas contas bancárias:


Campanha SOS Japão - Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil
Banco do Brasil
Agência: 1196-7
Conta corrente: 29921-9
CNPJ - 46.568.895/0001-66

Miyagui Kenjikai do Brasil
Rua Fagundes, 152, Liberdade
Horário de funcionamento: 9h às17h

Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social
Rua São Joaquim, 381 (térreo), Liberdade
Horário de funcionamento: 9h às 17h30
Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 112959-7
CNPJ: 61.511.127/0001-60

Beneficência Nipo-Brasileira
Bradesco
Agência: 0131-7
Conta corrente: 131.000-3
CNPJ: 60.992.427/0001-45

Mais informações neste link do G1.

E o puxão de orelha vai para alguns dos meus irmãos de fé, que estão se comportando de uma forma toralmente anti-cristãs, como podem ver na reportagem abaixo:

Será que o terremoto foi no Japão foi castigo divino? Deus quem enviou a tsunami para o Japão? Alguns cristãos estão afirmando que o terremoto que assolou o país asiático é um castigo de Deus contra os japoneses. As explicações para a afirmação são as mais diversas, desde versículos da Bíblia até o fato de apenas 1% da população ser cristã.

No twitter, Daniel Helbingen afirma que a catastrofe do Japão aconteceu porque não haveria nenhum verdadeiro seguidor de Cristo no local: “1% do Japão é Catolico, 4% evangelico, aposto q a Catastrofe aconteceu porq naum tinha nenhum verdadeiro seguidor de Jesus”, o twitteiro ainda completou: “O mesmo Jesus disse: ‘Se tiver 1 ou 2 reunidos no meu nome, lá eu estarei’. Apesar de seu posicionamento contra o Japão, Daniel é se declara fã de Naruto. Ele foi amplamente criticado por ateus e alguns cristãos.

No twitter e em fóruns de discussão alguns dos versículos mais utilizados para afirmar que Deus quem permitiu o terremoto no Japão são os do livro de Apocalipse: “(…) o tempo de destruíres os que destroem a terra” emApocalipse 11:18 para explicar os terremotos e “e morreu a terça parte das criaturas que tinham vida no mar; e perdeu-se a terça parte das naus” em Apocalipse 8:9 para explicar a tsunami.

Comentando que sua igreja e fiéis não estavam entre os milhares de mortos japoneses devido ao terremoto, o Pastor Serikako Hiroshi da Igreja Internacional da Graça de Deus afirmou que “Deus realmente guarda, ele protege aqueles que são seus”.

No Orkut a comunidade “D-us, destrua o Japão” faz a reivindicação baseando-se que “os japoneses são pagãos [porque] não aceitaram Jesus Cristo. Eles corrompem nossa juventude com seus animes e mangás que promovem o homossexualismo e a prostituição infantil”.

Outro lado

Nem todos concordam com a afirmação de que Deus agiu contra o Japão. Em toda a internet são possíveis encontrar relatos de ateus e cristãos que discordam deste posicionamento. Para o ateu Felipe N dizer que Deus castigou o Japão e incongruente: “Então, as enchentes no Rio de Janeiro foi castigo de Buda?”.

Para o twitteiro cristão Jorge Avilla estaria faltando discernimento: “Atenção cristãos, católicos ou evangélicos, a Bíblia (Sagradas Escrituras) não é Roleta Russa, favor nao ligar Apocalipse 8:9 com o Japão!”

O que acontece com o Japão aconteceu exatamente igual com o Haiti, após um desastre natural as atribuições de castigo divino também surgiram imediatamente.

Fonte: Gospel +

Gente, pelo amor de Deus. Dou meus parabéns a esse bando de retardado que usa a palavra de Deus para proferir maldições aos japoneses. A situação está séria e preocupante lá, com direitos a reatores nucleares explodindo. E em vez dessa cabanda de crente de meia tijela fazer algo de construtivo (como ficar de boca calada) ficam falando merda. Assumo para todos que não sou a senhora perfeição, mas peço a Deus de coração que eles consigam se reerguer e que as famílias que foram despedaçadas possam conseguir superar isso. Vamos orar (ou para os ateus e agnósticos que tendem ao ateísmo torcer) para que as coisas melhorem lá.

Até mais.

6 comentários:

lucas disse...

até nessa hora critica,onde pessoas inocentes sofrem por tragédias naturais, esses exagerados interpretam errado o que diz o apocalipse, o apocalipse é uma das escrituras mais difíceis de se interpretar! tenho certeza q se deus fosse castigar alguem, castigaria quem não tem um pingo de compaixão com o próximo!

Warnius! disse...

Eu acredito que o apocalipse ira começar no oriente...mas acho que vai ser uma guerra nao...uma catastrofe que representa a furia divina...a biblia tem muitas metaforas.
XD deus nao e um ser vingativo,ele concerteza e gente boa

Fabrício L. disse...

O Japão é milhares de vezes melhor do que o Brasil. (Relatos de gente que moram lá e não duvido deles.)

Tirando as baboseiras de fim do mundo (2012), sinais dos anjos etc., essa de dizer que Deus está castigando os japoneses pelo mesmos não serem cristãos, putzz... mandem esse povo de volta para a idade das trevas, de onde provavelmente vieram. Não é possível...

Anônimo disse...

Essa é a mesma mentalidade dos mentecaptos que comandaram a inquisição na Idade das Trevas.

A eles, o meu "Não! Seu amigo imaginário não tem nada a ver com o que está acontecendo no Japão. Talvez o HAARP tenha..."

Também tem uns americanos estúpidos dizendo que os acontecimentos são retribuição por Pearl Harbor. Idiotas, Pearl Harbor foi um alvo militar em período de guerra. Por outro lado, os EUA comandaram o maior genocídio de civis da história, que foram as bombas atômicas.

Tem gente que não olha para o próprio umbigo.

Bia Chun-li disse...

Acerca de duas coisas dita acima:

Não é correto o uso do termo "Idade das Trevas" para se referir à Idade Média (isso é coisa dos iluministas). É errôneo taxá-la de atrasada e coisas assim, sem você compreender o contexto da época. É o mesmo que eu taxar a Antiguidade Clássica de "atrasada" porque eles não possuíam a tecnologia que temos hoje.

A Idade Média para o contexto da época, pós-queda do Império Romano, era bastante "evoluída" e graças isso se deve a Igreja que se tornou não apenas a herdeira do império no sentido governamental (pois era a única instituição forte para "por ordem na casa" na época, devido às invasões bárbaras), mas também no quesito cultural, pois ela preservou muita coisa de origem pagã (como os manuscristos de filosofia e etc).

E quanto a Inquisição, como a conhecemos de fato, NÃO ACONTECEU no período da Idade Média. Mesmo já tendo algumas perseguições ainda na IM (que também foi a fundação da "instituição"), ela se restringia ao combate às heresias (como a perseguição dos cristãos cátaros). A Inquisição como a maioria conhece só aconteceu na Idade Moderna, ou seja o mesmo período histórico onde tivemos as grandes navegações, o Renascimento, o Iluminismo, a Reforma Protestante e como último acontecimento que marca a transição para a Idade Contemporânea, a Revolução Francesa.

Continuando sobre a Inquisição, apesar do caráter religioso, boa parte das condenações tinham um cunho mais político do que religioso de fato. Como por exemplo, a Inquisição portuguesa era comandada pelo rei que centralizava, fortificava e solidificava seu poder através do confisco dos bens.

Por último, já indo para a questão teológica e filosófica da coisa, é um tanto errôneo taxar Deus de amiguinho imaginário da sociedade. relação afetiva recíproca entre dois seres humanos, construída através de um ato de cooperação, experiências, conhecimento de um sobre o outro, etc. Tal conceito não se pode aplicar à figura de Deus. E sobre a amizade, tal conceito que dei parece até na Wikipédia.

Não sei quanto a você anônimo, mas teólogos cristãos sérios (e não titios Macedos da vida), não imaginam Deus como sendo um brother da humanidade que faz o papel de call center, ou do Homem Aranha sendo o amigão ao da vizinhança. No momento que se afirma que Deus é um amigo imaginário, temos uma inversão de planos, já que Deus, assim como divindades em geral, estão no plano metafísico.

Por último, antes que me perguntem, fiz faculdade de história, por isso a pequena aula aqui. xD E sobre a questão de Deus, curto fazer pesquisas próprias voltadas a esse assunto, mas sempre buscando pessoas sérias, que realmente conhecem o assunto, e não aqueles filósofos ou teólogos de boteco, que devido a experiências ruins, saem falando merda atrás de merda.

drmario disse...

Comentário atrasado:

Valeu pelas coisas positivas que disse sobre a Igreja, Bia Chun-li.
Eu me considerado Católico (por pior religioso que eu seja) e é cada vez mais difícil continuar. São tantas as acusações e deboches que é desanimador. Ainda bem que ainda existem pessoas como você.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...