18 março 2019

SF V: Retrospectiva dos personagens da 3ª Temporada


Nihao!!! Assim como fiz com os personagens da Segunda temporada do jogo, que tal falarmos sobre a recepção dos personagens da Terceira?

Eu só peço desculpas, de antemão, pois, no ano passado, passei por uma crise grave de depressão. Com isso, talvez, esse artigo não fique tão completo quanto o outro (mas aceito ajuda, caso tenha percebido algo e queira complementar, pode comentar, que irei adicionar aqui, assim que possível), afinal, as forças que me restavam eu consegui focar em coisas específicas.

Tanto que quero agradecer ao Juninho, que me ajudou a escrever esse artigo.

Então, deixando essa bad de lado, vamos ao que interessa.


Diferente do que aconteceu na temporada anterior, onde os personagens foram revelados aos poucos, a Capcom, resolveu mostrar aos jogadores quem seriam os felizardos da vez, sem mistérios.

Sakura


Para quem não se lembra, Sakura tinha ganho a enquete de popularidade, com controvérsias para alguns fãs, pois era possível votar em mais de um personagem. Era só abrir janelas anônimas.


O fato dela finalmente ter crescido (deixou de se ruma eterna colegial repetente) e ter ganho "golpes novos", animou os fãs de Sakura. Porém, uma reclamação que ouvi, foi de que ela não estava tão forte, mas ao menos, era uma personagem bem divertida de se jogar.


Um fator que deixou a internet louca com Sakura, foi a evidente declaração de amor que ela fez a Ryu, e que o mesmo, como um bom tapado, não percebeu as reais intenções da garota. Algo bonitinho e fofo, que rendeu algumas artes brincando com isso (uma minha inclusive).



Blanka


Mesmo Laura sendo bem aceita no fandom BR de SF, muitos sentiam falta do monstrinho verde favorito, Blanka. Para a surpresa de alguns (exceto aqueles que tinham lido o conto de natal com a Laura), eles terminam se conhecendo, quando Blanka tenta vender os seus bonequinhos (Blanka-chan), e é Sean que o aconselha a tentar fazer isso no Japão.


Blanka-chan terminou virando um meme na comunidade de SF, com diversas montagens. E recentemente, alguns desses memes voltaram, devido a um bug que descobriram com o Blanka.


O personagem em sua jogabilidade, teve uma mudança que podemos considerar drástica, que foi a inclusão de um command grab, onde ele avança e arranha o adversário, mas nada que desagradasse os jogadores antigos dele, e sendo um tanto chato de se jogar contra em partidas on-line.

Falke


Falke foi uma das duas grandes novidades da temporada. A personagem, inédita, surgiu no modo história de Ed, fazendo parte da Nova Shadaloo, formada pelo loirão.


Uma mulher sofrida, criada para ser apenas um receptáculo para a alma de Vega/Bison, e que termina sendo resgatada por Ed. Ela termina por ajudá-lo em sua missão, de procurar e ajudar pessoas como eles, sendo, praticamente, sua irmã mais velha.


Falke, assim como Ed, entrou na questão 8 ou 80, referente na jogabilidade. Com comandos simples, jogadores mais tradicionais, ou aqueles que odiaram Ed (e sua farofa :v ), torceram o nariz para a novata. Uma crítica, referente a personalidade dela, foi a certa "frieza" até mesmo na aplicação de seu Critical Art. Sem contar que ela não é uma das personagens mais fortes no jogo.


Mas, mesmo sendo uma personagem fraca (com bom recursos, porém se expõe demais) apesar de tudo, Falke tem seus fãs, bastante dedicados. E assim como ocorreu com o seu irmãozinho, que se tornou o husbando de muitas (e muitos), Falke conseguiu o seu posto de waifu querida.

Cody


Cody, era bem aguardado na época, ainda mais devido ao hype que surgiu com a nova abertura de Street Fighter V - Arcade Edition, onde o personagem finalmente deixava de ser um presidiário.


Cody veio bem forte e teve alguns golpes repaginados, mas nada que causasse estranheza em seus jogadores fiéis. Continua divertido e ágil e seus V-Triggers trazem elementos da sua série de origem, Final Fight.


Um detalhe que deixou muita gente doida com o Cody foi seu traje secundário, aliado a sua pose de vitória final, onde o personagem solta um olhar 43 para o jogador. Como eu ouvi na época, foi "aquele momento que muitas mulheres ovularam e homens hétero duvidaram de sua sexualidade".


É meus querido, ouso a afirmar que Cody foi o grande husbando dessa temporada.

Por fim, temos os dois últimos personagens, que foram lançados simultaneamente: G e Sagat.

G


G é um homem misterioso, que, aparentemente, possui ligação com Q, personagem de SF III e que se autodeclara "Presidente do Mundo".


Carismático, conquistou a simpatia de muitos jogadores. É um personagem forte, que requer dedicação para se tirar o melhor proveito dele no jogo.


G também teve aceitação entre fãs do personagem Q e era bastante comum vê-lo na cena competitiva, na época do lançamento.

Sagat


Sagat dispensa apresentações e era um dos personagens mais pedidos, desde a primeira temporada do jogo. Tanto que me lembro que quando a Capcom anunciava um personagem novo (ou que se tornou jogável), sempre brotava um "chorando" que queria o Sagat.


No que se refere ao storyline, a grande surpresa: o fato de Sagat estar despertando o Satsui no Hadou. Que complicações isso terá na história ainda é uma incógnita, pois até o momento, a Capcom não divulgou o novo modo história geral (e dos personagens mais antigos).


Apesar de ter sido bem esperado, Sagat sofreu algumas críticas por parte dos jogadores, pois estaria um tanto nerfado, a princípio, coisa que foi consertada. Tanto que, apesar do amor de muitos, em comparação a G, o Presidente do Mundo se saiu melhor num primeiro momento.


Comparado com a temporada anterior, essa foi bem mais "tranquila" no que se refere a recepção dos personagens. E o fato da maioria serem personagens clássicos da franquia, ajudou.


Outra surpresa foi o anúncio do primeiro personagem da 4ª temporada, Kage, mas, sobre a recepção desse, falarei num artigo futuro.

Claro, o jogo tem sofrido problemas (como eu ADORARIA ver a dedicação que vi em Devil May Cry V e Resident Evil 2 Remake em SF V), mas que talvez eu só venha a falar quando escrever o resumo dos personagens da 4ª Temporada (que eu acredito que seja a última, devido aos problemas.

Bem, irei terminar por aqui. Então, até a próxima!

20 fevereiro 2019

Existe espaço para jogos como Dead or Alive atualmente?


Nihao! Acho que todos estão carecas de saber sobre a polêmica que rolou com Dead or Alive no EVO Japan, na semana passada. Para quem perdeu um resumo:

Shimbori, ao demonstrar o quão realista tinha ficado Dead or Alive, colocou os personagens em poses um tanto insinuantes e pausadas para demonstrar a câmera livre do jogo. Isso tudo acompanhado por duas modelos no palco, com "bastante saúde", que ficavam fazendo comparações com a física do jogo e começaram a fazer brincadeiras com seus dotes físicos e roupas reveladoras.




O produtor do EVO, Joey Cuellar, manda derrubar a transmissão ao vivo e manda expulsar o produtor e as modelos do evento.


E em seguida posta um pedidos de desculpas, falando que aquilo não representava os valores do evento. E terminou sendo xingado e trollado pelo público, fazendo com que ele apagasse a publicação.

Com isso, voltamos, de novo, para a questão da sexualização, se isso é necessário e se há espaço hoje na cena para coisas do tipo.

Claro, antes de começar, é bom deixar claro que essa é a minha opinião somente (e você pode e tem o direito de concordar ou não com ela) e não falo em nome de ninguém, apenas por mim.

Se você chegou agora no mundo dos jogos de luta, deixa a tia Bia te contar uma coisa: O FANSERVICE É A MARCA DE DEAD OR ALIVE. Sim amiguinho, desde o início temos peitos, tetas balançantes, mulheres sensuais, mais peitos, roupas reveladoras, mais tetas balançantes, além de bastante exagero, como o campo minado que existia fora do ringue no primeiro jogo.


Lembro que eu me divertia jogando ele, em parte, devido aos seios de gelatina das personagens. Era bem engraçado.

Como puderam perceber, desde o surgimento, ele tinha esse apelo e se tornou algo marcante na série, algo similar com os fatalitys em Mortal Kombat. Assim como é difícil imaginar um MK sem fatalitys (e de certa tivemos, com MK vs DC com finalizações amenizadas, coisa que foi MUITO criticada pelos fãs antigos de MK), desculpa, é difícil imaginar DOA sem o apelo sensual.

Essa coisa do fanservice está tão enraizada, que temos o filhote Dead or Alive Xtreme, uma série paralela, focada apenas no fanservice.


Quando DOA 6 foi divulgado, fãs de longa data (assumo que eu inclusa), estranhou e reclamou da falta desse apelo. Conforme foram divulgando mais informações, terminamos percebendo que nada era aquilo que parecia ser. Aliás, está surgindo teorias de que isso tudo que rolou no E.V.O. foi arquitetado.

Como todos devem estar careca de saber, eu NÃO sou contra o fanservice. Eu sei que existem exageros, mas não sou contra ele existir, pelo contrário. Quero algo igualitário, ou seja, tanto homens quanto mulheres sensuais, mostrando os seus dotes.

Por mim, todo mundo vira gogoboy
Eu tenho a ciência de que, como seres humanos, temos essa questão da sexualidade enraizada (salvo exceções) e não vejo problemas em quem quer vivenciar isso de maneira saudável, mesmo que seja desenhando, jogando ou se vendo em um personagem sensual.

P.Labo e seu Vega/Bison que me fez, por um momento, querer ser Doll
E sim, mulheres também entram nessa. Tenho amigas (e já vi outras garotas por aí) que se veem em personagens poderosas e sensuais como a Morrigan, ao mesmo tempo que são "apaixonadas" por personagens como Ryu, Ed, Necalli e até mesmo o Vega/M. Bison (já vi até pelo F.A.N.G.)! E sim, eu me incluo nessa. Isso porque eu nem falo dos gays.

Com isso me vejo numa situação de que, seria hipocrisia minha aplaudir quem quer que jogos como DOA sejam varridos do mapa. Visto que eu gosto quando vejo algo similar com algum personagem masculino.

O que mais vi, morando na periferia do Rio, foram mulheres com trajes tão mínimos quanto.
E hoje, infelizmente, vejo que uma onda "puritana progressista" invadiu os jogos, ao menos aqui no ocidente. Com argumentos a favor de "justiça social", alguns querem limar o fanservice existente, mas claro, envolvendo APENAS as personagens femininas. A coisa chegou num ponto onde sites ditos "sérios" gastam as vezes mais tempo falando sobre o quanto uma determinada roupa é inapropriada (lembrando até aquele papinho de "conservador") do que a jogabilidade em si do jogo.

O problema é centrado sempre no corpo feminino, a beleza e a sensualidade da mulher, que pelo visto, nos jogos, não podem mais utilizar certos trajes, mesmo que, essas roupas sejam apenas um reflexo da realidade, como no caso do segundo traje de Laura que não deve em nada a certas roupas vistas na periferia do Rio de Janeiro.

Cody e o olhar que fez até alguns homens duvidarem da sua heterossexualidade
Claro que, curiosamente, parte das pessoas que argumentam ser contra o fanservice, fazem vista grossa quando tal coisa acontece com os rapazes. Isso quando não ditam generalizações como "mulher não gosta de homem musculoso", para tentar embasar o seu argumento. O que torna a coisa mais engraçada, ainda mais levando em conta que, se o fanservice em si é prejudicial, então tal coisa deveria ser proibida para ambos, não?

Esse debate já tinha voltado a tona, com a divulgação do novo Mortal Kombat e a forma pudica de suas personagens femininas, assim como a "falta de carne".


Ao mesmo tempo que tivemos uma Sonya Blade com um traje mais condizente com sua profissão, ela perdeu massa muscular (ficando bem magra) e Skarlet, que era uma personagem que tinha uma desculpa em seu storyline para ser "pelada", foi descaracterizada (assim como seus atributos físicos foram "nerfados"). Isso porque nem comento as críticas quanto ao rosto das personagens femininas, pois isso é algo que vejo desde antes desse MK.


Isso gerou um debate tenso, com textos exaltados, seja do lado de quem era a favor ou de quem era contra. Ao mesmo tempo que gerou, ou ao menos deixou as claras certos questionamentos: Por que um personagem de pouca roupa seria algo ofensivo e um cara sendo desmembrado vivo não? Por que a violência é algo aceitável dentro de um jogo e a sensualidade é uma coisa que merece ser banida? Por que a Skarlet usa uma "burca" e o Shao Khan continua parecendo um gogoboy (e conheço gente que acha ele uma delícia)?

E com o acontecimento de DOA, essas questões ficaram ainda mais evidentes. Se DOA não representa os "core values" do E.V.O., porque MK representaria, sendo um jogo de violência gráfica extrema não aconselhável para menores (conforme o próprio selo do jogo)?  Por que deveríamos censurar um e o outro não?


Devido a toda essa conjuntura de hipocrisia e censura dos ditos "progressistas", vejo que, jogos como DOA TEM SIM que continuar existindo, pois terminam jogando na nossa cara esses problemas e o quanto o pessoalzinho que luta pela justiça social pode ser tão tacanho e hipócrita quanto aquele religioso radical e extremo. E claro, também nos divertindo, afinal jogo é pra isso.

"Ah, mas eu não gosto desse fanservice..."

Então, NÃO JOGUE E NÃO COMPRE. Eu já fiz isso no passado com certos produtos, é algo bem simples e fácil de se fazer. E também APOIE OS JOGOS QUE  SEJAM DE ACORDO COM OS SEUS VALORES. Assim como, EXIJA UM PRODUTO DE QUALIDADE, porque não importa se o jogo é o "mais politicamente correto possível", se a jogabilidade é uma bosta tremenda, se é cheio de bugs terríveis. E aí, desculpinha de que o pessoal não joga porque é "machista" ou algum outro "ista" não vai colar (como se esse argumento já não fosse motivo de risos para alguns). Porque não adianta de nada ficar fazendo campanha contra fanservice, se quando aparece algum jogo que tem tudo aquilo que você considera certo, você nem dá o devido apoio.


Então, vida longa a Dead or Alive. Que ele continue desmascarando o lado podre dos justiceiros. Afinal, gente assim, só faz um desserviço a causa que defendem. E lógico, que o fanservice igualitário continue crescendo. E para isso continuar, eu não devo eliminar jogos como DOA.

12 janeiro 2019

Juni, Juli e Juri!


Artigo publicado originalmente no dia 18 de agosto de 2010. Como nessa nova atualização tiver que acrescentar bastante coisa, resolvi que era melhor "republicar" o artigo.

Na época, eu o tinha escrito mais como esclarecimento sobre as personagens Juni, Juli e Juri, já que, na época, julgavam que Juri poderia ser ou ter sido uma Doll.

Nihao!!!! Bem o post de hoje é mais para esclarecer um pouco sobre elas… Conversando com o Roger (que faz parte da equipe do Streetfighter.com.br e antigo dono do Street Fighter Animes) e também com o meu esposo e outras pessoas na net, percebi que alguns confundem um pouco a história das Shadaloo Dolls e pensam que a Juri é uma delas ou coisa assim. Mãos a obra!!!!

Quem são Juli e Juni?

3724473763_eb0b96af79_b
Elas fazem parte das Shadaloo Dolls (ベガ親衛隊 Bega Shin'eitai - Vega Elite Guards ou ドールズ - Dôruzu), um esquadrão formado por jovens de 16 anos, sendo as 12 principais, ao lado de Cammy, as guardas pessoais de Vega/Bison. Elas, abaixo dos Quatro Reis, são membros do alto escalão da Shadaloo e devem obediência aos mesmos.

Todas as Dolls, com exceção de Cammy (e Decapre), são meninas que foram raptadas de várias partes do mundo e sofreram lavagem cerebral.

Abaixo, o nome de todas elas, com um pequeno resumo da sua ficha. Uma curiosidade é que cada codinome (com exceção de Cammy) é baseado nos meses do ano de várias línguas, provavelmente as línguas natais de cada uma delas. Caso haja atualização na ficha de alguma, principalmente no quesito nacionalidade, irei modificar a informação.

Obs: Os trechos em negrito do artigo, excetuando o nome das Dolls e os subtítulos, são as informações atualizadas.

As Dolls:

Nº 0 – Cammy: Cammy é a Doll de n° 0, e seu codinome na época da Shadaloo era Killer Bee. Era a líder das Dolls e foi feita por engenharia genética, sendo praticamente um clone de Vega / Bison e um dos seus corpos extras. Trabalha atualmente na equipe Delta Red;

376957318_5f95448783

Nº 01 – Enero: Enero significa Janeiro em espanhol. É uma jovem espanhola (até que a Capcom diga o contrário xD). Ela é a especialista em comunicações e a "atual" líder. Sempre anda com um megafone e possui uma risadinha estilo Karin Kanzuki;

Nº 02 – Février: Jovem francesa, especialista em armas de fogo. Février significa fevereiro em francês. Février não possui temores, a não ser Enero quando está com raiva. As balas de sua metralhadora são de Psycho Power;

Nº 03 – März: Uma alemã, perita em invadir sistemas de segurança e especialista em obter informações, através de seu laptop. März significa março em alemão. É bastante tímida e evita falar muito, mesmo com as suas colegas Dolls. Também detesta falar com estranhos. Em SF V usa óculos ;

Nº 04 – Aprile: Aprile significa abril em italiano. Italiana, é ex-ginasta e especialista em artes médicas, a doutora do esquadrão. é a mais antiga das Dolls e possui um irmão chamado Maggio, que vai até Rose para saber o seu paradeiro e termina se tornando seu discípulo, ao lado de Menat. Em SF V usa um tapa olho com estampa de coração no olho esquerdo, sem motivo aparente;

Nº 05 – Satsuki: A Doll do mês de maio. Japonesa e especialista em kenjutsu (luta com espadas). Luta usando sua amada katana Murasame Blade e a ninjatô Rasetsu Blade. Ela também é boa utilizando taijutsu. Seu nome significa maio em japonês arcaico;

Nº 06 – Juni: Um alemã especialista em combate desarmado. Sua outra alcunha em Street Fighter Zero 3 é "Cool-headed Silent Killer” (Assassina Silenciosa de Coração Frio). Ela é resgatada por Cammy em Super Street Fighter IV e fica sem memória. Durante o modo história de Cammy de SF V, nota-se que ela teve durante um breve momento, lembranças da época que era uma Doll. Assim como Cammy, é apaixonada por gatos, estando lovre do controle de Vega/Bison. Juni significa junho em alemão;

Nº 07 – Juli: A princípio uma alemã, mas em Super Street Fighter IV, há a confirmação dela fazer parte da tribo de T. Hawk, sendo a amada/namorada do mesmo. Assim como sua parceira Juni, ela é especialista em combate desarmado. Em Street Fighter Zero 3 é também conhecida como "Heartless Assassin Doll" (Boneca Assassina Sem Coração). No final de T. Hawk, ele consegue resgatar Juli, porém, ela está em estado catatônico. Em SF V, vimos que ela ainda continuou sob o domínio da Shadaloo. Juli significa julho em alemão e seu verdadeiro nome é Julia.

Nº 08 – Santamu: A princípio, uma vietnamita, atualmente etíope (o que faz perder o sentindo da escolha de seu nome). Especialista em combate utilizando uma lança e está sempre acompanhada de um mico-leão-dourado, chamado Kiki. Seu nome é uma derivação de Tháng Tám, palavra vietnamita para agosto;

Nº 09 – Xiayu: Chinesa, especializada no uso do nunchaku. Seu nome deriva da palavra chinesa Shiyue’ (十月 – setembro). É irmã gêmea de Jianyu;

Nº 10 – Jianyu: Irmã gêmea de Xiayu. Ela é especializada no uso do quarterstaff (uma espécie de bastão). Seu nome é derivado da palavra Jiuyue’ (九月) que significa outubro. Em SF V usa uma mácara de Ópera Chinesa;

Nº 11 – Noembelu: A Doll do mês de novembro. Seu verdadeiro nome é Little Eagle (Pequena Águia) e, a princípio, faria parte da tribo de T. Hawk. É especializada em lutar com um par de machadinhas. Ao contrário do que foi divulgado, inclusive no antigo Street Fighter Plot Guide, Noembelu aparece rapidamente sendo derrotada por Juri no OVA de Super Street Fighter IV (que conta para o roteiro). Como o posto de menina que ia ser resgatada por Hawk foi ocupado por Juli, Noembelu provavelmente é apenas uma índia norte-americana;

Nº 12 – Decapre (Декапре): A última Doll, seu nome vem da palavra russa Dekabr' que significa dezembro. Provavelmente é russa e lembra bastante Cammy, porém, utilizando uma máscara preta que esconde seu verdadeiro rosto. A princípio, se sabia muito pouco sobre ela a não ser que a mesma é um tanto instável com o Psycho Power e que quer matar Cammy a qualquer custo;
ssfivgonzo3
Como citei em alguns dos resumos acima, as Shadaloo Dolls reaparecem em Super Street Fighter IV, no anime (que extraordinariamente conta para o canon) Super Street Fighter IV: Juri OVA e em A Shadow Falls (Street Fighter V).

No anime, uma das missões de Juri é a captura das Shadaloo Dolls. Cammy a enfrenta, logo após a derrota de Guile. Juri tenta matá-la, tacando Juni, que estava inconsciente e numa maca, em cima de Cammy, quando o avião estava em movimento e com a entrada traseira aberta. Mesmo ambas caindo de uma altura imensa, conseguem sobreviver.

Agora vamos a um resumo da ficha da nossa querida lutadora de Taekwondo.

Juri Han:


Juri
Juri Han era uma talentosa artista marcial. Seus pais foram assassinados pela Shadaloo, e ela perdeu seu olho esquerdo quando isso aconteceu, motivos pelos quais ela odeia Vega / M. Bison com todas as suas forças. Se tornou agente da Sin e uma de suas missões foi a captura das Dolls. Devido a esse mais um outro incidente ocorrido anteriormente, ela se torna rival tanto de Cammy quanto de Chun Li.

É uma garota completamente sádica, pervertida e sem nenhum respeito pela lei, regras ou moral. Se submeteu ao implante do sistema “Feng Shui”, que ficou no lugar de seu antigo olho esquerdo.

Ao terminar o jogo com Juri, percebe-se que ela estava apenas usando Seth e que no fundo, ela quer se tornar a nova líder da SIN.

Ou seja, como puderam ler, a sua única ligação com as Dolls é o fato dela ter enfrentado e derrotado todas que estavam presentes na base atacada. Ao contrário do que houve com essas meninas e com Cammy (sequestro, lavagem cerebral e no caso de Cammy, engenharia genética), Juri aparentemente era uma garota normal, até que o assassinato de seus pais mudou completamente a sua vida.

Espero que esse post tenha ajudado a esclarecer sobre essas personagens. Qualquer coisa, podem comentar!^^ Agora vamos as curiosidades!!!!

1. Outras Dolls:


Foi divulgada a existência de outras Dolls dentro da Shadaloo, de hierarquias inferiores. Essas são conhecidas como Dolls Aprendizes. Abaixo as classes delas:


  • Low-Rank Dolls:

Equipamentos: Óculos de Visão Noturna, Dispositivo de Amplificação de Psycho Power.

Deveres: Operações de disfarce, segurança da base, o que os Quatro Reis as ordenarem.

Essas Dolls eram inimigos frequentes do pachinko "Chun-Li ni Makase China". Seus trajes se assemelham aos que eram utilizados pelas Dolls em seu jogo de estreia (SF Zero 3).

  • Mid-Rank Dolls:


Equipamento: Chest rig, fones de ouvido, Psycho Armor (ombreiras), Psycho Stun Gun, Psycho Grenade.

Deveres: Combate corpo-a-corpo, segurança básica, sabotagem, o que os Quatro Reis as ordenarem.


  • High-Rank Dolls:


Equipamento: Psycho Armor (ombreiras).


Deveres: Combate corpo-a-corpo, sabotagem, treinamento das Dolls de baixo escalão, liderança nos campos de batalha, o que os Quatro Reis as ordenarem.

As Dolls de ranking intermediário e alto, são as mais experientes em combate e lideram o ataque em campo. Inclusive, as Dolls de patente mais alta são ainda mais capazes do que os soldados que fazem parte do alto escalão da Shadaloo .

Na versão japonesa da ficha destas Dolls é dito que seus codinomes são determinados por nomes de flores de seus países de origem, como por exemplo, Löwenzahn que é dente-de-leão em alemão.

Na versão em inglês das fichas é afirmado que elas são conhecidas pelo codinome de Löwenzahn.


2. Sakura uma Doll????
sakurasatsukiRolava um boato que conforme o livro All About Street Fighter Zero 3, Sakura faria parte das Dolls. Uma das provas da mudança de ideia seria que Satsuki, na verdade, seria baseada em Sakura. Ao comparar os sprites de ambas e verá que a cabeça da Doll lembra a de Sakura, só que, com o penteado um pouco diferente.

3. A lavagem cerebral de Juni:
0 (1)
No livro Street Fighter Eternal Challenge, diz que a lavagem cerebral sofrida por Juni foi a mais completa das Dolls. Por isso, ela recebeu as missões mais importantes, como tentar capturar Ryu. Nos gibis da Udon Comics, também ocorre esse fato, só que com um agravante:

Para comprovar tal feito, sua primeira missão foi a de assassinar a sua própria família.

4. Sobre Juli:
Juli1Juli não é tão poderosa quanto Juni no storyline. Pela ficha divulgada no Shadaloo CRI, ela é descendente de uma tribo em particular, é a segunda Doll mais antiga e as memórias de seu passado foram apagadas diversas vezes.

Uma outra curiosidade é sobre seus olhos: muitos supõe que sua alcunha em Street Fighter Zero 3, “Heartless Assassin Doll" (Boneca Assassina Sem Coração), deve-se ao fato de que nas artes oficiais e nos sprites, seus olhos possuem um semblante triste, como se tivesse deprimida interiormente, ao contrário, por exemplo, de Cammy, que possui os olhos frios.

5. O caso de Decapre:
decapre-vsport
Não se sabia, a princípio o porquê de Decapre usar uma máscara. Uma das teorias que especulavam era possibilidade de Balrog / Vega tenha dado essa máscara para ela não ganhar alguma cicatriz em seu belo rosto, como aconteceu com Cammy. Outra teoria é que seu rosto poderia ser deformado. Havia várias especulações de que Decapre seria uma “proto-Cammy”, ou seja a clone que veio primeiro, mas que por algum motivo foi descartada., o que foi praticamente confirmado posteriormente. 

A possibilidade dela ser um outro clone, já tinha sido usada nos gibis da Udon Comics (e neles parte de seu rosto era deformado).

Em Ultra SF IV e a divulgação de artes conceituais, foi confirmado que parte de seu rosto é deformado, além dela ser um tanto instável e insana com o Psycho Power.  Em SF V, conseguiu sair do controle de Vega/Bison.




Em uma das versões anteriores do artigo, eu tinha afirmado que o anime Juri OVA já demonstrava que o rosto da personagem era cheia de cicatrizes. Graças ao Luiz Fernando, consegui uma imagem melhor e o que parecia ser o rosto, só era a máscara que mudaram de cor.
juriova

 6. Trajes personalizados:


Em SF V, as 12 Dolls ganharam trajes mais personalizados, destacando alguma particularidade e/ou função. As únicas que ficaram com os trajes mais parecidos com os antigos foram Juni e Juli, mudando apenas o modelo das botas.


Cammy em SF V, também teve o seu traje de Doll modificado, perdendo a sua tonalidade azul claro assim como, seu penteado também foi modificado.

 7. Livres... Ou não:


No final de A Shadow Falls, todas as Dolls do esquadrão de elite ficam livres do controle de Vega/Bison. Porém, especula-se que talvez o mesmo não tenha acontecido entre as Dolls do escalão mais baixo.. Quando o jogador vai criar o seu PsychoPass no CFN Portal (com o ID do Steam ou da PSN), na página de boas vindas, há o seguinte trecho:
"Eu recebi este "PsychoPass" da recepcionista, mas o que exatamente eu faço com ele? ... E por que o nível dela é tão alto ?! 
Excelente pergunta! Seu PsychoPass é o seu crachá de identificação dado a todas as tropas da Shadaloo. Ele terá seus dados de jogador atualizados no momento da emissão. Outras empresas proíbem seus membros de compartilhar coisas nas mídias sociais, mas nós aqui da Shadaloo encorajamos bastante isso! Compartilhe seu PsychoPass para mostrar suas habilidades para o mundo! E você tem um bom olho, se descobriu que a nossa recepcionista não é nenhuma garota comum! Até mesmo as recepcionistas têm que passar por um processo de batalha de eliminação feroz antes de que elas possam se considerar um de nós. Admirável, sim, mas você provavelmente deve apenas admirá-la de longe. Você talvez tenha ouvido falar da unidade de guarda-costas de elite de Lorde Bison, The Dolls? Há rumores de que a recepcionista é uma delas ... Dolls"
Por enquanto é apenas uma especulação, visto que até agora não divulgaram nada no jogo. Porém, conforme o livro "Al About Street Fighter III", é dito que a Shadaloo ainda existe, só que nas sombras. Então, a suspeita de que algumas Dolls ainda se mantém fiéis a Vega/Bison é válida.

8. März morreu?


Em "A Shadow Falls", quando as Dolls saem do controle de Vega/Bison, há um embate entre März e F.A.N.G., com a jovem salvando Rashid e se sacrificando para impedir que o assassino continue com as suas ambições. Mas, como bem sabemos, F.A.N.G. sobreviveu, o que leva a suspeitas sobre se März esteja viva ou não. Atualmente, seu status é desconhecido.

9. A cara é a mesma, mas os cabelos (e os olhos):


Algumas Dolls tiveram mudanças em sua aparência física, desde o seu jogo de origem:
  • Février em Street Fighter Zero 3 tinha os cabelos cor de rosa. Em Street Fighter V, eles se tornaram castanhos;
  • Juli em Street Fighter Zero 3 possuía olhos castanhos, enquanto que em Street Fighter V, seus olhos se tornaram azuis;
  • Juni possuía os cabelos laranja e olhos castanhos. Na série Street Fighter IV e em Street Fighter V, ela ficou loira de olhos azuis;
  • Decapre era loira e em Ultra Street Fighter IV, tinha os olhos verde-oliva. Em Street Fighter V, seus cabelos ficaram brancos e seus olhos âmbar.
10. O trecho obscuro da lavagem cerebral de Juni e Juli:

Fanart feita por レムレム博士
No All About Street Fighter Zero 3 há um trecho que pode ser considerado um tanto pesado, na história de Juni e Juli. Elas estão nuas numa maca, após terem sofrido diversos experimentos num laboratório da Shadaloo, quando Vega/Bison aparece diante delas.

11. O antigo Plot Guide errou?
Cammy__s_facepalm_by_anotherguttersnipe
Logo acima eu afirmei que Noembelu apareceu sim no anime de Super SF IV, contradizendo o que dizia o antigo plot guide. “Tia Bia, como você ousa! Tem provas?” Claro que tenho. Vamos olhar a seguinte sequência de imagens:
bon1 bon2
bon3 bon4
bon5 bon6
bon7 bon8
bon9 bon91
Na primeira e na segunda imagens, temos 2 homens levando 2 macas com 2 Dolls em cada uma.

Na terceira imagem, o homem que está na frente coloca a Doll ao lado de outras 3 que já estavam ali. Com a que bem vindo logo atrás, temos ao todo no momento cinco Dolls. Na imagem seguinte, vemos apenas 2 homens com macas vazias.

Na quinta imagem, já aparece 2 Dolls caídas no chão e logo após, na sexta, mais uma, totalizando 8 Dolls.

Na sétima e oitava imagem, vemos Noembelu tomando uma surra de Juri!! Uma prova de que ela não foi resgatada por T. Hawk e, com tudo que foi divulgado posteriormente, que não faz mais parte da tribo dele, sendo apenas uma índia qualquer norte-americana.

Nas duas últimas imagens, temos as Dolls que faltavam para completar 12. Ou seja, o antigo Plot Guide errou!

Curiosamente, o rosto de Noembelu não aparece na sequência que aparece alguns minutos depois das Dolls dentro das “incubadoras” junto com Juni e Juli nas macas.

Mas devo fazer uma pequena observação: o Plot Guide é atualizado constantemente, e como já tem uma nova versão do mesmo, bem mais detalhada e de qualidade superior, então, quando você ler este artigo, esse erro não existe na versão atual.

12. A vida de Juri antes:

Não se tem detalhes de como era a vida de Juri ou sobre a sua personalidade antes de seus pais serem assassinados. Uns dizem que Juri já possuía uma personalidade distorcida, mas que seus pais conseguiam controlar isso. Com a morte deles, essa personalidade dela apenas aflorou.

Outra teoria já diz que Juri era uma boa garota e tinha uma vida feliz, e que só está agindo dessa forma devido ao forte trauma psicológico que sofreu, graças a Vega / Bison e seus companheiros. A base para essa teoria é a frase de vitória de Chun Li, ao ganhar de Juri: "What would your parents think if they saw you now"? (O que seus pais pensariam de você, se a vissem agora?). Nesse última suposição, Juri seria “uma vilã trágica”.

13. Boing boings!!!!!!
140798-boobfight
A princípio os seios de Juri seriam menores em sua ficha técnica e ela também gostaria de seios grandes. Os seios dela sofreram um pequeno aumento (e eles estão absurdamente grandes em SF V =P ) e o detalhe sobre gostar de seios foi censurado. Essa parte quanto ao gosto de Juri, causou um furor (principalmente nos tarados de plantão), pois isso seria um indício de que ela é lésbica ou bissexual. A Capcom quanto a isso não se pronunciou (o único personagem provavelmente homossexual é Eagle e alguns especulam que Poison também seja por ela ser travesti/transexual - lembrando que ser transexual não significa que a pessoa seja homossexual).

Porém, devemos ter em mente que em algumas mídias japonesas, é comum algumas garotas gostarem de seios grandes, sem serem lésbicas ou bissexuais, vide personagens como Taokaka de Blazblue em relação a Litchi ou, em menor grau, uma das primeiras cenas do mangá de Love Hina, onde Naru Narusegawa comenta com Keitaro (ao confundi-lo com Kitsune, já que estava sem seus óculos ou lentes) que seus seios cresceram, mas que não estavam ainda do tamanho dos dela, e que gostaria de tocá-los um pouco.

Porém, algo que comprovaria que a personagem seja bissexual seria as frases de vitória contra alguns personagens masculinos e femininos, dando a entender segundas intenções e um interesse sexual.

14. A mudança no traje principal de Juri:


O traje de Juri era para ser bem mais revelador que a versão final, conforme o modo história de Cammy. Acima, uma montagem, com o seu wallpaper, feita por amorsatanico, mostrando como era o seu traje originalmente.

15. O novo olho de Juri:


No modo história de Juri, ela enfrenta Vega/Bison e este termina por arrancar o seu olho que continha o Feng Shui Engine. Depois deste acontecimento, em um laboratório abandonado da S.I.N. ela encontra outro olho, o Feng Shui Engine Alpha.

Espero que tenham gostado do artigo. Essa era uma atualização que estava querendo fazer há um tempo. Caso apareça algo novo, já sabem, irei atualizar aqui assim que possível! =) See ya!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários