03 fevereiro 2017

Street Fighter no anime Akiba's Trip!!!

Ok, todo mundo sabe que o mundo das animações pode ser repleto de referências, para nenhum Capitão América por defeito! xD Mas, e quando um episódio é inteiramente dedicado a falar sobre o seu jogo favorito? 

Foi o que aconteceu em Akiba's Trip, que homenageou a série Street Fighter! 


O personagem principal, o rapaz Tamotsu Denkigai, após perder um round de perfect numa partida de Street Fighter II’ Turbo, se vê obrigado a participar de um campeonato de Street Fighter V! Confira o episódio logo abaixo.


Como vocês puderam ver,  é possível reconhecer algumas referências expostas, como a partida de Daigo contra Justin no EVO, e alguns jogadores profissionais, como o próprio Daigo! Uma outra possível referência ocorre durante a última luta do campeonato de SF V. No EVO 2015, durante o campeonato de Ultra Street Fighter IV, o jogador Poongko ficou sem camisa como resposta a provocação de seu oponente. Poongko também tirou a camisa na grande final do Canada Cup 2014.


Então, caro Capitão América, o que achou disso tudo?


Lembrando que não é a primeira vez que Street Fighter é homenageado em algum anime. Mas que foi uma grata surpresa esse episódio, isso foi! =)

26 janeiro 2017

Conhecendo Evil Ryu e Violent Ken

Nihao!!!! =) Sim, podem me dar esporro, não falei nada, ao menos aqui no blog, sobre algumas coisas de SF. é que tem dias que é meio complicado postar mesmo (se imaginassem os artigos atrasados que tenho, sem falar nas ideias...).

Então, para não deixar vocês tristes, que mesmo me vendo no Fighters, me acompanham aqui, então que tal conhecer mais sobre dois personagens que estarão no novíssimo Ultra Street Fighter II? Sim, falo do meu gostoso, Evil Ryu e do com cara de "muitos amigos" Violent Ken! =) Então, vamos lá! ^^

Primeiro, o meu queridinho, Evil Ryu! :3



Evil Ryu (também conhecido como 殺意の波動に目覚めたリュウ - Satsui no Hadou ni Mezameta Ryu - no Japão) é um velho conhecido dos jogadores de Street Fighter, sendo, na verdade, Ryu possuído pela energia Satsui no Hadou (a mesma de Akuma). Sua primeira aparição foi no mangá de Masahiko Nakahira, Street Fighter Alpha (que chegou a ser publicado aqui no Brasil pela New Pop), sendo reaproveitado pela Capcom posteriormente em Street Fighter Zero 2. Aliás, me lembro do quanto joguei com o Evil Ryu no velho Saturn...

Curiosamente, essa não foi a primeira versão maligna de Ryu a aparecer em uma mídia fora dos jogos. No anime Street Fighter II V, em dado momento tanto Ryu, quanto Chun-Li, ficam sob o controle de Bison através do Cyber Chip (lembram?). 



Nos quadrinhos publicados no início dos anos de 1990 pela Malibu Comics, existia uma cópia maligna cibernética de Ryu, que inclusive é a motivação da personagem Nida, exclusiva desse quadrinho. Ela quer vingança de Ryu, pois acredita que esse matou o seu pai (na verdade foi o clone cibernético dele). 


A personagem Nida, que quer vingar seu pai morto pelo clone de Ryu
E no manhua (mangá chinês) oficial de Street Fighter II, para quem leu o meu artigo sobre ele (não leu? Então clique aqui) existia um Ryu maligno, que era, na verdade, o demônio pessoal de Ryu que tomou forma física.


Ryu vs "Oni Ryu"
Apesar de sua primeira aparição nos jogos ocorrer em Street Fighter Zero 2, na história, Evil Ryu deu as caras na luta de Ryu contra Sagat, em Street Fighter 1. Em um dado momento da batalha, Ryu perdeu o controle de si, se tornando o Evil Ryu, e terminou desferindo um violento Shoryuken em Sagat, ganhando a luta e deixando uma marca em seu peito.



Desde esse dia, Ryu trava uma batalha interna para não ser consumido por esse poder, conseguindo finalmente o controle dele em Street Fighter V, ao ter sua última luta contra Necalli.



Evil Ryu participou de outros jogos da série, como Street Fighter Zero 3, Super Street Fighter IV (e o Ultra), fez uma ponta em Street Fighter V no prólogo de Ryu, assim como em alguns crossovers como SNK vs. Capcom: The Match of the Millennium, Capcom vs SNK, Capcom vs SNK 2, Namco vs Capcom, e até mesmo em Asura's Wrath na série Street Fighter EX.
Assim como ocorre com Akuma, Evil Ryu também possui um kanji como sendo a sua assinatura, sendo no caso dele o kanji para destruição, metsu.



Na série Street Fighter IV, seu visual foi atualizado, o deixando mais ameaçador. Seus cabelos ganharam uma tonalidade vermelha, além de ter ganho presas em seus dentes, uma cicatriz em suas costas no formato do kanji ten 天 (o de Akuma, que significa céu/paraíso) e um buraco em seu peito, que provavelmente faz referência a uma cena em que Akuma golpeia Ryu no peito no mangá Street Fighter III: Ryu Final, de Masahiko Nakahira.



Abaixo, vocês podem conferir os dados de Evil Ryu, conforme o CFN Portal:
Anteriormente, vimos Ryu, agora vamos dar uma olhada nele quando é consumido pelo Satsui no Hadou! Seus movimentos parecem um pouco com os de Necalli. Será que existe algum tipo de conexão!? 
Nome: Evil Ryu
Altura: 175 cm
Peso: 85 kg
Tipo sanguíneo: O
Nascimento: 21 de julho
País: Japão
Gosta: Derrotar oponentes fortes
Não gosta: Fracos 
Evil Ryu é o completo oposto do Ryu que todos nós conhecemos e amamos. Ele foi consumido pelo Satsui no Hadou, em troca de poder absoluto. Eu não posso acreditar que o Satsui no Hadou pode mudar alguém assim ... Que terrível!
E agora, com vocês, Violent Ken, o Ken que acordou com o pé esquerdo! :v 



No caso de Violent Ken (também conhecido por 洗脳されたケン - Brainwashed Ken - no Japão), a origem de seu poder difere de Evil Ryu. Enquanto Ryu terminou despertando o Satsui no Hadou, Ken, por algum motivo nunca despertou tal poder. Sim meus queridos, como cansei de falar, "Evil Ken", NO ECZISTE! O que deixou Ken nesse estado não foi o Satsui no Hadou. Os seus poderes, na verdade, vem de M. Bison.

Violent Ken é o Ken que foi capturado por M. Bison e sofreu lavagem cerebral, se tornando uma máquina de matar, consumido pelo Psycho Power de Bison. Assim como ocorreu com Evil Ryu, que surgiu de uma mídia fora dos games, a primeira aparição de Violent Ken ocorreu no anime Street Fighter II: The Animated Movie. Sim aquele desenho com a famosa cena de banho da Chun-Li que deve ter deixado alguns com a mão cheia de calo.

No anime, em dado momento, Bison foi até Ken e lutou contra ele. Ao perder a luta, Bison o sequestrou e fez lavagem cerebral e o colocou para lutar contra Ryu.



Porém, a ideia de um Ken controlado por Bison, veio primeiramente do mangá Street Fighter II de Masaomi Kanzaki. Ali Ken, com o auxílio da droga Doll, que faz uma lavagem cerebral em seu usuário, termina servindo a Bison como um de seus soldados de confiança.



A primeira vez que Violent Ken participou de um jogo foi em SNK vs Capcom: SVC Chaos. No jogo, apesar da confusão que alguns fazem (graças a uma informação errônea tirada sabe se lá da onde do The Fighters Generation), dizendo que é o Ken com o poder de Orochi, Violent Ken continua com o mesmo background apresentado no anime: é o Ken consumido pelo Psycho Power de Bison.


Sim, em japonês está escrito algo como "Ken com lavagem cerebral"
Curiosamente, na série Street Fighter IV, existiria um easter egg com o personagem, em um dos trajes extras de Ken:



Excetuando SNK vs Capcom: SVC Chaos, Violent Ken não tinha feito mais nenhuma participação nos jogos, sendo restrito apenas a esse jogo e algumas mídias, como o manhua de SNK vs Capcom: SVC Chaos e os quadrinhos da UDON. Ultra Street Fighter II: The Final Challengers é o primeiro jogo da franquia Street Fighter (e encaixado no universo principal da série) que ele participa.

Recentemente, o CFN Portal canonizou Violent Ken, mas deixando claro que o personagem existe em um universo alternativo, fora da série principal (como bem expliquei neste artigo). Abaixo, vocês podem conferir a ficha do personagem, diretamente do site.


Por alguma razão, o Satsui no Hadou não despertou dentro de Ken, mas usando o Psycho Power de Bison, Ken se tornou um soldado da Shadaloo (em um universo paralelo, é claro). 

Nome: Ken
Altura: 175 cm
Peso: 83 kg
Tipo sanguíneo: B
Nascimento: 14 de fevereiro
País: Estados Unidos
Gosta: Cheiro de sangue, lutar
Não gosta: Tédio 
Ken fica com inveja pelo fato de Ryu se aproximar cada vez mais de se tornar um verdadeiro artista marcial. Mas o coração de Ken é fraco, e termina sendo consumido por essa inveja. O Psycho Power de Bison ressoa com medo e sofrimento, e termina controlando facilmente as pessoas que são vítimas de suas próprias emoções. A chama de Ken fica roxa, devido ao poder psíquico, e seus golpes se tornam cheios de ódio. No entanto, quando Ken vê a faixa vermelha de Ryu, ele temporariamente ganha controle de si mesmo, porque se lembra de todas as memórias que compartilhou com seu eterno rival. (Sim, isso ainda está em um universo paralelo)

Bem, eu espero ter conseguido esclarecer alguma dúvida sobre eles.  E lembrando que o Ultra Street Fighter II é apenas a ponta do iceberg para as comemorações dos 30 anos de SF!!!!! =)



Antes de ir, deixo com vocês os trailers de USF II, o americano e o japonês (sim há uma sutil diferença). 





See ya!!!!! ^^

31 dezembro 2016

Feliz Ano Novo!

Passando rápido aqui para desejar um bom 2017 a todos!!! =)

Esse ano que passou não foi fácil, e espero que esse próximo ano seja melhor. 

Então fiquem agora com esse desenho que fiz do Ken com a sua skin de Happy Holidays! Até o ano que vem! xD

09 novembro 2016

Atualização - artigo de Shin

Nihao pessoas! Só estou aqui para avisar que o artigo do esquecido Shin foi atualizado!



Vocês podem conferir o artigo aqui.

28 outubro 2016

O manhua de Darkstalkers!

Nihao pessoas, como estão? 

Esses dias saiu bastante coisa sobre SF, que vocês podem ver lá no Fighters. Se tiver um tempo, falarei delas aqui depois.

Hoje, pertinho do Dia das Bruxas, irei mostrar uma pérola que encontrei há um tempo atrás... O manhua de Darkstalkers!!


Primeira coisa a se falar é que sim, ele é oficial. A revista, assim como aquele primeiro manhua de Street Fighter, vem com os quadrinhos e algumas informações e dicas sobres os jogos que estavam fazendo sucesso no momento e alguns quadrinhos. Outra coisinha interessante é que, em algumas propagandas, podemos ver as capas dos manhuas de SF! Inclusive do manhua de Super Street Fighter II X, que é um tanto raro de se encontrar.

Imagem do manhua de SSF II X
O traço, diferente do que ocorre com o manhua de SF, segue mais a linha do mangá e eu particularmente, achei ele bem bonito. E, também seguindo a linha dos manhuas de SF, ele é completamente colorido.

Além da história principal, há várias tirinhas, geralmente cômicas, no final e uma seção de cartas, onde podemos ver diversos desenhos dos leitores.

"Ok tia Bia, tu enrolou, mas como é a história?" Sendo sincera, gafanhoto? No nível deste meme abaixo:


Assim como em praticamente TODOS os manhuas de Street Fighter (excetuando um pouco o de SF Zero 2), a história é completamente a parte dos jogos, apesar de em, alguns pontos, ter alguma semelhança, além dos personagens.

Infelizmente, não encontrei nenhum site com um resumo geral ou algo do tipo da série. Então, o resumo que irei fazer é "às cegas", pois como todos sabem, por mais que eu saiba umas cinco palavras em chinês, meu conhecimento é tão bom quanto de um orangotango em latim arcaico. E sim, vai ter spoiler, como em todos os resumos que fiz de manhua até agora. Então, não adianta reclamar (mas se quiser pegar o manhua antes de ler o artigo, vá direto para o final dele).

Felicia em sua forma humana
No manhua é mostrado que os darkstalkers vivem entre nós, alguns conseguindo se passar por seres humanos durante um tempo, como são o caso de Morrigan, Demitri, Jon  e Felicia. Aliás, é bastante interessante o caso de Felicia ali. Diferente do game, onde ela é uma catwoman, no manhua ela seria um tipo de licantropa, como Jon Talbain.

Com o andar da história, percebemos que os darkstalkers se dividem em dois grupos basicamente (como ocorreu com o desenho americano onde Rikuo é sexy symbol), os aliados de Demitri e os de Morrigan.


Uma coisa interessante é que, apesar dessa polaridade dos grupos, quem realmente é o personagem principal desse manhua é Demitri. E quando eu digo principal, é principal mesmo, ao menos em boa parte do manhua. Outro fator curioso quanto ao meu vampirão gostosão (sim eu tenho um abismo por ele, me processem xD), é que ali ELE É O HERÓI DA HISTÓRIA. Sim você não leu errado. Esse Demitri:


É O HERÓI!!!!!!!!!!!

Sim, isso é bem curioso, pois Demitri em todas as adaptações, além do próprio jogo, que já vi, ele sempre foi um dos vilões da Saga. 

Os dois grupos de darkstalkers brigam entre si, pois fica claro que Demitri e Morrigan são inimigos, apesar que dá a entender que Morrigan, no fundo, nutre algum sentimento por Demitri que não é correspondido. Outro detalhe é que, o grupo de Morrigan, a princípio é aliado de Pyron, o grande vilão da história.

Falando em relacionamentos, além dos supostos sentimentos de Morrigan, temos a amizade de Felicia com Jon (e este parecer que gosta um pouco dela, se é que me entendem) e, se preparem, a relação de Demitri com... Felicia?! Sim, apesar de não ser nada explícito, fica claro ali que ambos se gostam, com o passar do manhua.

A forma "super" de Demitri
Mais para o fim deste arco do manhua, Pyron trai o grupo de Morrigan e os ataca e os dois grupos terminam se unindo contra Pyron. Todos os darkstalkers transferem ki para Demitri (incluindo Morrigan no final), onde ele assume uma forma "super" e finalmente acaba com a ameaça, mas pagando um alto preço.

A despedida de Demitri e Felicia
Demitri para salvar o mundo se sacrifica, o que deixa Felicia desesperada. Antes de morrer, no entanto, com sua magia, ele implanta em Felicia um embrião (?!), fazendo com que ela fique grávida dele. 


E assim termina o primeiro arco da história, com Demitri demonstrando porque ele é O HERÓI desse manhua. Malditos ninjas cortadores de cebola!! Eu os odeio!!!!!!!!!!!  

A partir deste momento temos o segundo arco, que ocorre dez anos depois, onde terminamos descobrindo que a ameaça de Pyron não foi totalmente exterminada.


Pyron, aparentemente muito fraco, termina assumindo a forma humana de um padre exorcista, indo atrás dos darkstalkers. Ele começa indo atrás de Morrigan e, logo após, vai de encontro ao filho de Demitri com Felicia.

O filho de Demitri e Felicia
Felicia, ao proteger o filho, foge de onde moravam. Enquanto isso, Jon encontra um estranho mascarado, que lembra um pouco Donovan no estilo.


Infelizmente, aparentemente esse manhua foi cancelado neste arco, pois a história termina com Felicia e Morrigan se enfrentando e o filho de Demitri indo ajudar a mãe.

No total foram 25 edições, com todos os personagens que participaram do primeiro Darkstalkers, com a adição de outros completamente originais. Destaque para um aparente incubus, aliado de Morrigan, que possui uma certa relevância na história. Curiosamente, o semblante de Donovan aparece em uma das capas.


Assumo que achei "interessante" esse manhua, principalmente pelo contexto que deram ao personagem Demitri. Uma pena que a história não pode ser terminada. Nesse ponto, era melhor terem acabado no primeiro arco.

Vocês podem baixar o manhua no Street Fighter Manhuas, onde o disponibilizei.

Eu vou ficando por aqui. Então, se eu não postar nada até o dia 31, um Feliz Dia das Bruxas para quem comemora! See ya!!!! ^^
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...