09 novembro 2016

Atualização - artigo de Shin

Nihao pessoas! Só estou aqui para avisar que o artigo do esquecido Shin foi atualizado!



Vocês podem conferir o artigo aqui.

28 outubro 2016

O manhua de Darkstalkers!

Nihao pessoas, como estão? 

Esses dias saiu bastante coisa sobre SF, que vocês podem ver lá no Fighters. Se tiver um tempo, falarei delas aqui depois.

Hoje, pertinho do Dia das Bruxas, irei mostrar uma pérola que encontrei há um tempo atrás... O manhua de Darkstalkers!!


Primeira coisa a se falar é que sim, ele é oficial. A revista, assim como aquele primeiro manhua de Street Fighter, vem com os quadrinhos e algumas informações e dicas sobres os jogos que estavam fazendo sucesso no momento e alguns quadrinhos. Outra coisinha interessante é que, em algumas propagandas, podemos ver as capas dos manhuas de SF! Inclusive do manhua de Super Street Fighter II X, que é um tanto raro de se encontrar.

Imagem do manhua de SSF II X
O traço, diferente do que ocorre com o manhua de SF, segue mais a linha do mangá e eu particularmente, achei ele bem bonito. E, também seguindo a linha dos manhuas de SF, ele é completamente colorido.

Além da história principal, há várias tirinhas, geralmente cômicas, no final e uma seção de cartas, onde podemos ver diversos desenhos dos leitores.

"Ok tia Bia, tu enrolou, mas como é a história?" Sendo sincera, gafanhoto? No nível deste meme abaixo:


Assim como em praticamente TODOS os manhuas de Street Fighter (excetuando um pouco o de SF Zero 2), a história é completamente a parte dos jogos, apesar de em, alguns pontos, ter alguma semelhança, além dos personagens.

Infelizmente, não encontrei nenhum site com um resumo geral ou algo do tipo da série. Então, o resumo que irei fazer é "às cegas", pois como todos sabem, por mais que eu saiba umas cinco palavras em chinês, meu conhecimento é tão bom quanto de um orangotango em latim arcaico. E sim, vai ter spoiler, como em todos os resumos que fiz de manhua até agora. Então, não adianta reclamar (mas se quiser pegar o manhua antes de ler o artigo, vá direto para o final dele).

Felicia em sua forma humana
No manhua é mostrado que os darkstalkers vivem entre nós, alguns conseguindo se passar por seres humanos durante um tempo, como são o caso de Morrigan, Demitri, Jon  e Felicia. Aliás, é bastante interessante o caso de Felicia ali. Diferente do game, onde ela é uma catwoman, no manhua ela seria um tipo de licantropa, como Jon Talbain.

Com o andar da história, percebemos que os darkstalkers se dividem em dois grupos basicamente (como ocorreu com o desenho americano onde Rikuo é sexy symbol), os aliados de Demitri e os de Morrigan.


Uma coisa interessante é que, apesar dessa polaridade dos grupos, quem realmente é o personagem principal desse manhua é Demitri. E quando eu digo principal, é principal mesmo, ao menos em boa parte do manhua. Outro fator curioso quanto ao meu vampirão gostosão (sim eu tenho um abismo por ele, me processem xD), é que ali ELE É O HERÓI DA HISTÓRIA. Sim você não leu errado. Esse Demitri:


É O HERÓI!!!!!!!!!!!

Sim, isso é bem curioso, pois Demitri em todas as adaptações, além do próprio jogo, que já vi, ele sempre foi um dos vilões da Saga. 

Os dois grupos de darkstalkers brigam entre si, pois fica claro que Demitri e Morrigan são inimigos, apesar que dá a entender que Morrigan, no fundo, nutre algum sentimento por Demitri que não é correspondido. Outro detalhe é que, o grupo de Morrigan, a princípio é aliado de Pyron, o grande vilão da história.

Falando em relacionamentos, além dos supostos sentimentos de Morrigan, temos a amizade de Felicia com Jon (e este parecer que gosta um pouco dela, se é que me entendem) e, se preparem, a relação de Demitri com... Felicia?! Sim, apesar de não ser nada explícito, fica claro ali que ambos se gostam, com o passar do manhua.

A forma "super" de Demitri
Mais para o fim deste arco do manhua, Pyron trai o grupo de Morrigan e os ataca e os dois grupos terminam se unindo contra Pyron. Todos os darkstalkers transferem ki para Demitri (incluindo Morrigan no final), onde ele assume uma forma "super" e finalmente acaba com a ameaça, mas pagando um alto preço.

A despedida de Demitri e Felicia
Demitri para salvar o mundo se sacrifica, o que deixa Felicia desesperada. Antes de morrer, no entanto, com sua magia, ele implanta em Felicia um embrião (?!), fazendo com que ela fique grávida dele. 


E assim termina o primeiro arco da história, com Demitri demonstrando porque ele é O HERÓI desse manhua. Malditos ninjas cortadores de cebola!! Eu os odeio!!!!!!!!!!!  

A partir deste momento temos o segundo arco, que ocorre dez anos depois, onde terminamos descobrindo que a ameaça de Pyron não foi totalmente exterminada.


Pyron, aparentemente muito fraco, termina assumindo a forma humana de um padre exorcista, indo atrás dos darkstalkers. Ele começa indo atrás de Morrigan e, logo após, vai de encontro ao filho de Demitri com Felicia.

O filho de Demitri e Felicia
Felicia, ao proteger o filho, foge de onde moravam. Enquanto isso, Jon encontra um estranho mascarado, que lembra um pouco Donovan no estilo.


Infelizmente, aparentemente esse manhua foi cancelado neste arco, pois a história termina com Felicia e Morrigan se enfrentando e o filho de Demitri indo ajudar a mãe.

No total foram 25 edições, com todos os personagens que participaram do primeiro Darkstalkers, com a adição de outros completamente originais. Destaque para um aparente incubus, aliado de Morrigan, que possui uma certa relevância na história. Curiosamente, o semblante de Donovan aparece em uma das capas.


Assumo que achei "interessante" esse manhua, principalmente pelo contexto que deram ao personagem Demitri. Uma pena que a história não pode ser terminada. Nesse ponto, era melhor terem acabado no primeiro arco.

Vocês podem baixar o manhua no Street Fighter Manhuas, onde o disponibilizei.

Eu vou ficando por aqui. Então, se eu não postar nada até o dia 31, um Feliz Dia das Bruxas para quem comemora! See ya!!!! ^^

24 outubro 2016

Street Fighter II V no Netflix!!!!

Nihao pessoas, como estão? Hoje, qualquer fã oldschool de Street Fighter, que passou parte da infância/adolescência na telinha do SBT, teve uma ótima surpresa hoje... Street Fighter II V está de volta, dessa vez, no Netflix!!! Quem aqui não fica emocionado com esse tema:



Street Fighter II V foi lançado dia 10 de abril de 1995 no Japão, indo até 27 de novembro. No Brasil, Street Fighter The Movie tinha feito bastante sucesso, o que fez com que o SBT (que tinha um acordo com a Columbia Tristar) fosse atrás do cartoon que estava sendo produzido. Mas devido a demora, terminaram trazendo o anime, cinco meses após o lançamento dele no Japão. Na década de 2000, a série foi reprisada no Cartoon Network. 



Infelizmente, como alegria de pobre dura pouco, não teremos a icônica dublagem clássica. =( Ou seja, infelizmente, não ouviremos Nelson Machado como o narrador (quem não lembra da frase "Nós vamos ao encontro do mais forte"), Orlando Viggiani como Ryu, Tânia Gaidarji como Chun-Li e Sérgio Moreno como Ken e seu icônico bordão (que foi inclusive usado nas legendas de SF V), "Ih ó o cara"!  

30 setembro 2016

Atualização

Passando rapinho aqui para informar que três artigos foram atualizados!



Abaixo, você podem conferir os links com os artigos. 


Assim que possível, outros artigos também serão atualizados, devido as novas informações que a Capcom tem posto no CFN Portal, mudando alguns detalhes. 

26 setembro 2016

E como fica a cronologia? 6ª parte - Edição Especial Fichas

Nihao!!! Como estão? Curtiram o artigo da Ingrid? Aliás, sabiam que esse artigo eu estava fazendo desde os betas de Street Fighter V?

Primeiro, quero agradecer a minha amiga Tatiene, que me ajudou na tradução da ficha de Darun, que me possibilitou confirmar que ele era o amigo de Zangief citado em "A Shadow Falls" e ao Caio pelo aviso, quanto a essa informação na ficha de Darun.

Bem, o artigo de hoje é para explicar o conceito das fichas que a Capcom está colocando no CFN Portal. Todos os personagens que possui ficha são canon? Violent Ken agora está no universo de Street Fighter? E quanto a Luke (Rook) e Blair Dame? De onde raios é Mary? Calma, que seus problemas acabarão aqui (até que a Capcom mude algo, huahuahuahuahau).

Irei dividir as fichas publicadas em três grupos, Universo Principal, Universo Paralelo e Extras. Então vamos conhecer o conteúdo de cada.


Universo Principal


Como o próprio nome revela, contém as fichas dos personagens que fazem parte do universo principal da série. Nele Temos Ryu, Chun-Li, Sagat, Guile, Karin, Lee, Joe, Mike Haggar e etc. Salvo algumas exceções, como Ingrid, são todos os personagens que apareceram nos jogos principais, do SF 1 até o SF V, além daqueles de Final Fight. E aí é que começa uma pequena confusão.


Alguns personagens, como o caso de Evil Ryu, que oficialmente na história, apareceu em Street Fighter 1, não necessariamente são canônicos nos jogos que aparecem, ou o seu final não conta. Pegando o exemplo de Evil Ryu, na saga Zero/Alpha, ele não participou, no máximo, durante um breve momento, tivemos um Ryu confuso sob o controle de Bison, em Zero 3. E o final de Decapre em Ultra SF IV, não conta para a história, apesar da personagem ser canônica ali, como podemos ver nas lembranças de Cammy em SF V.

E dentro desse universo, a Capcom ainda nos trouxe umas surpresas. A primeira, é o caso de Nash, que foi morto durante os acontecimentos de SF Zero 2, mudando assim alguns acontecimentos de SF Zero 3. Aliás, a minha teoria é que o papel de Nash ali pode ter sido desempenhado por Guile.

Outra surpresa foi a inclusão de personagens oriundos de spin-offs da série. Nesse caso temos, as Dolls Junior, que apareceram pela primeira vez no pachinko Chun-Li Ni Makase China, assim como Mary e Reiko, do mesmo pachinko. E só para esclarecer, as outras Dolls que aparecerem junto das Junior, não são oriundas do pachinko.

Mary
Reiko
Dolls Junior
Além desse pessoal do pachinko, também foi canonizado, Shiba e Simone, do jogo Canon Spike, Blade, Arkane, F7 e Khyber de Street Fighter The Movie e o Cyborg que aparece no anime longa metragem e no seu respectivo jogo. A maior surpresa fica com Ruby, que é a Ruby Heart de Marvel vs Capcom 2!

Shiba
Simone
Blade
Arkane
F7
Khyber
Cyborg
Ruby
Sim, Ruby faz parte agora do universo principal de Street Fighter, assim como o restante de sua família, oriunda do jogo Pirate Ship Higemaru. O curioso, é que, mesmo esses personagens sendo canonizados, nem tudo foi aproveitado de suas mídias de origem, como aconteceu com Karin Kanzuki, que em Sakura Ganbaru, estudava na mesma escola que sua rival. O exemplo disso, é o caso de Blade, que em Street Fighter The Movie é revelado ser Gunloc (de Slam Masters), que no storyline do jogo é o irmão de Guile infiltrado na Shadaloo, enquanto que na ficha de Blade de SF V, deixa a entender que é outra pessoa por debaixo da máscara.

Sawada
Outra versão do artwork de Sawada
E para terminar, ainda temos uma curiosidade. Sawada, sim aquele de Street Fighter The Movie, é citado no livro "A Visionary Book" que vem com a edição especial de Street Fighter V, num quadro de relação entre os personagens, além de ter até artwork pronto. Porém, até o momento, sua ficha não foi publicada.


Universo Paralelo


Aqui entram os personagens que ganharam fichas, mas que não fazem parte do universo principal e sim, como o próprio nome já diz, de um universo paralelo. Esses personagens, não necessariamente podem compartilhar do mesmo universo paralelo. Caso tenha ficado confuso, é só lembrar do conceito de multiversos presentes na DC Comics, na Marvel ou na série Dragon Ball.

Até o momento, os personagens que entram nessa categoria, são todos aqueles que fizeram parte das séries Versus. Nisso temos, Shadow de Marvel Super Heroes vs Street Fighter, Shadow Lady de Marvel vs Capcom e Brain-washed Ken (conhecido também como Violent Ken) do anime Street Fighter II - The Animated Movie e  SNK vs Capcom Chaos.

Shadow
Shadow Lady
Brain-washed Ken
Com isso, podemos deduzir que, caso haja uma ficha de Mech Zangief, Dark Sakura, Cyber Akuma e até mesmo Fallen Balrog (uma versão sombria de Vega, no jogo Cannon Spike), ela estará nessa categoria.

E lembrando que quem afirma que Shadow, Shadow Lady e Brain-washed Ken são de um universo paralelo é a Capcom.

Extras


Nessa categoria ficam as fichas daqueles que possuem algum tipo de relação com o universo de Street Fighter, mas que, por algum motivo, ou não fazem parte do universo principal, ou são fichas extras, seja do universo principal ou de um universo paralelo. No primeiro caso, pode ser meio estranho, porém, é como se esse universo fosse algo à parte e único, não se encaixando no conceito de universo paralelo de Shadow Lady, por exemplo. Dentro deste grupo, temos:


Extras do Universo Principal


São os personagens que ganharam a classificação de ficha extra por algum motivo. Dentre eles temos Don-Chan, o cão-guaxinim de Ibuki e o personagem Zen, que conforme rumores passados, estaria em Street Fighter V. 

O "misterioso" Zen
A título de curiosidade, Zen é amigo de longa data de Zangief, e é um lutador e ator indiano.

Street Fighter 2010


Sim, o jogo que tem Street Fighter no nome, mas não tem nada haver com a série de fighting games que tanto amamos! Adaptando uma fala do AVGN, que Street Fighter V o quê, o negócio é Street Fighter 2010!


Curiosamente, na época de seu lançamento, quando o jogo foi portado para a terra do Tio Sam, a Capcom USA, mudou o nome do personagem principal, Kevin Straker, para Ken e afirmava que o lutador americano tinha sido o campeão do 2º torneio World Warrior. Com isso, SF 2010, ficava sendo uma "continuação", que ocorria anos depois de SF II.

Kevin Straker
Dr. Jose
Mesmo sendo um jogo a parte da franquia, é de um universo paralelo, e a Capcom colocou a ficha de Kevin e do Dr. Jose para os fãs do jogo.


Capcom Fighting All Stars: Code Holder


Aqui entra os personagens do jogo cancelado, no caso D.D. Luke (ou Rook como era conhecido anteriormente) e Ingrid. Além da ficha dos personagens em si, a Capcom divulgou vários detalhes, como um pouco da história, e o artwork, de Death (incluindo o seu nome real, Avel), e curiosidades sobre o jogo, que vocês podem conferir nesse artigo que fiz para o Fighters.

Daisuke Dejima, vulgo "D.D.", que possui o código Ogre
Luke (conhecido anteriormente como Rook), detentor do código Fallen Angel
Ingrid, detentora do código Eternal Godess
Um detalhe interessante é que isso meio que serviu para "confirmar" de vez, que Ingrid era apenas uma convidada em Street Fighter Alpha 3 Max e que todo o contexto dela no jogo, é para ser ignorado. Tanto que, se um dia, Ingrid fazer alguma participação especial na franquia, me pergunto se eles não vão aproveitar o storyline dela de CFAS.

Street Fighter EX


Todos devem se lembrar da série EX, feita em conjunto com a empresa Arika, lançada em meiado dos anos 1990. O universo dessa série é algo a parte, com personagens exclusivos.

No momento, a Capcom está colocando as fichas de cada um deles, desde aqueles que fizeram parte de todos os jogos da série, como Hokuto, até os "menos conhecidos" como o caso de Blair Dame, que só participou de SF EX, SF EX Plus e SF EX Plus α.

Blair é uma das personagens de SF EX que teve a ficha publicada
E, para a tristeza de alguns fãs da Ingrid, eis a trollada master da Capcom, os personagens de SF EX, foram canonizados pelo visto. A prova é que na ficha de Darun mostra que ele é o tal amigo indiano que Zangief confiou a peça que lhe foi enviada para destruir as Black Moons.

Lembrando que os personagens da série EX são de propriedade da Arika, então o uso, mesmo que seja como uma participação especial em algum jogo da série principal, depende também, da aprovação da empresa.


Espero que eu tenha conseguido esclarecer esses pontos a respeito das fichas que estão sendo lançadas. Caso a Capcom atualize alguma informação, ou faça alguma mudança, irei fazer um novo artigo explicando elas.

Então, irei ficando por aqui. Fiquem à vontade para comentar e até a próxima!!!! =)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...